O nascimento das fadas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Como acontece com palavras muito antigas e de uso diversificado, a palavra fada oferece grandes dificuldades quanto a sua etimologia. Os pesquisadores de tendências clássicas procuram associá-la ao termo pher usado por Homero para designar os centauros. A palavra inglesa para fada é fairy. Acredita-se que esta palavra venha do persa peri. Ao que parece, os cruzados entraram em contacto com estetermo através do árabe que, como se sabe, não possui a letra p, substituíndo-o por f quando tem necessidade de escreve-la. Assim, em árabe, peri tornou-se feri e deste modo veio para Europa, trazida pelos cavaleiros da cruz e peregrinos. Considera-se como apoio a esta interpretação o facto de fada Morgana, tão celebrada no romance medieval, ser a mesma merjan peri, muito conhecida nos contospopulares do oriente.
A palavra fada, tal como aparece nas línguas românticas: fae, fee (francês), fada (português), hada (espanhol) e fata (italiano) têm a sua origem na palavra latina fatum (destino). No quarto século de nossa era, encontramos essas palavras usadas no plural feminino e equivalente às parcas (divindades relacionadas com o destino). No reverso de uma medalha de ouro do imperadorDiocleciano encontram-se três figuras femininas com a seguinte legenda: fatis victricibus. Uma estaca funerária, encontrada em Valencia, Espanha, possui, num de seus lados a inscrição: fatis q, fabius ex voto e, do outro lado, três figuras femininas com os atributos das parcas.
Na idade-média encontra-se o uso, em latim, do verbo fatare com o sentido de encantar. Este verbo foi adoptado com o mesmosentido pelo italiano, provençal, espanhol e português. Na nossa língua, usa-se o verbo fadar com o sentido de dar um destino bom ou mau; daí o adjectivo fadado para indicar uma pessoa marcada pelo destino.
É com esta ideia de trazer um destino que as fadas aparecem nos contos populares. Num conto como a bela adormecida, temos a história de um rei e uma rainha que convidam as fadas para o baptizadode sua filha. As fadas vêm e fadam. Cada uma dá a menina um dom qualquer, até que a fada malvada (não convidada para a festa) invade o castelo e fada a menina com a morte. Por fim a última fada consegue abrandar a terrível profecia dizendo que a princesinha, aos quinze anos, feriria o dedo numa roca de fiar e adormeceria por muitos anos até que chegasse um príncipe para despertá-la. O mesmoacontece com a gata-borralheira (Cinderela). Quando a mãe de Cinderela morreu, entregou-a a uma fada que se tornara sua madrinha. A Cinderela, na casa da madrasta está impedida de cumprir o seu destino: casar-se com o príncipe. No clímax do relato, no momento em que a situação da personagem se torna angustiante, surge a fada madrinha que, por meio de encantamentos facilita a realização do destino quelhe estava reservado.

A questão, entretanto, não fica resolvida com essas colocações. As questões etimológicas são sempre muito difíceis e, não raro, insolúveis. Assim, a palavra fada transita numa espécie de região brumosa, envolta em mistério como os seres que ela designa.


Origem das Fadas


A primeira resposta que surge a esta questão é a do animismo. Os povos primitivos costumamatribuir aos efeitos naturais uma causa sobrenatural e, ao mesmo tempo, julgam que todo o universo é habitado por almas ou espíritos que se incumbem de proteger um determinado objecto, um certo lugar etc. deste modo, para esses povos, há espíritos que exercem sua ação protectora sobre os lagos, os rios, os bosques, as árvores e, até mesmo a humilde plantinha que cresce na sombra de um poderosocarvalho, pode ter seu espírito protector.
Os gregos e os romanos que não eram de modo algum povos primitivos, também tinham crenças muito semelhantes. Acreditavam, por exemplo, que as erupções do Etna ou do Estromboli eram causadas por Tiphon e Vulcano. Os gregos consideravam a via-lactae como leite derramado dos seios rainha do céu; Zeus, na hora das tempestades, atirava seus raios contra a terra;...
tracking img