A importancia da literatura infantil no desenvolvimento da criança

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2760 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
JOANA DARC APARECIDA LUCIANO
PAULA FÉLIX DE SOUZA






A importância da literatura infantil no desenvolvimento da criança.CAMANDUCAIA, MINAS GERAIS.
2010
1. INTRODUÇÃO

O nosso artigo foi elaborado através de pesquisas bibliográficas baseado na bibliografia de alguns autores principalmente Rudolf Steiner E também através de conhecimentos adquiridos com professoras em uma escola Waldorf e através de cursos. Neste trabalho vamos falar da criança desde o seu nascimento para queassim possamos mostrar a importância das histórias literárias durante todo esse desenvolvimento. Tratar – se à de um trabalho onde procuro conscientizar pais e professores de que muitos dos problemas que vemos nas crianças de hoje em dia é por ela não terem tido a oportunidade de permanecerem no seu mundo durante a infância e pela falta de incentivo para a sua imaginação. Por isso através dessetrabalho vamos procurar conscientizar os educadores da importância das histórias literárias no desenvolvimento infantil e mostrar para pais e professores o quanto é prejudicial tirar a criança do seu universo fazendo com que elas entrem no mundo dos adultos precocemente.
Posto isso, justifica-se a relevância deste artigo no intuito de estimular pais e professores sobre a importância dashistorias literária no desenvolvimento infantil.


2.DESENVOLVIMENTO
2.1 Desenvolvimento da criança
Quando uma criança nasce começa o seu ciclo de aprendizagem a fim de formar a personalidade e o seu caráter. Desde os primeiros dias sabemos que para satisfazer nossas necessidades precisamos nos comunicar, primeiro com choro e gritos, depois com gestos epalavras e por fim com ações.
“Iremos começar falando do desenvolvimento da criança desde o seu nascimento, para que possamos assim entender a importância dos contos nesse desenvolvimento.
Lembrem-se agora de que o ser humano, principalmente na sua primeira infância, e também depois da troca dos dentes ele é todo um órgão do sentido“(Steiner, Rudolf, pg51)”.

Como Steiner mesmo dizia a criança desde o seu nascimento é todo um órgão do sentido, ou seja, tudo nela penetra tudo que fazemos falamos e até o ambiente em que ela é exposta atua sobre ela, pois nessa fase ela não quer o lógico e sim o imagético, por isso a fantasia é a porta de entrada da alma a criança. E ela se mantém assim aberta para o mundo desde oseu nascimento até mais ou menos os sete anos quando começa a troca dos dentes, após a troca dos dentes a criança começa a se tornar um pouco mais independente, ou seja, ela consegue a começar se defender das coisas externas já nem tudo nela penetra, mas isso não quer dizer que ela não seja mais um órgão do sentido ela continua sendo até mais ou menos os 9 anos por isso temos que cuidar dela commuito amor e carinho e sempre tomando cuidado com o que falamos e mostramos e com os ambientes em que ela vai estar ,pois nessa primeira etapa de sua vida ela imita o que é feito em seu ambiente .È incrível o que flui para dentro da criança por meio da linguagem; mas isso conforme a exigência da criança deve ter um caráter de imagem, pois de certo modo tudo tem de ser levado á criança por meio daimagem.
Vemos, portanto que tudo se apresenta predisposto na criança é como que unida ao elemento imagético. Também o que a criança assimilou das ações realizadas em seu ambiente, os pensamentos infantis, nessa fase ainda não são lógicos e sim imagens por isso que nós adultos a só conseguimos atingi-las através de imagens.
Para finalizar posso dizer que a criança desde o...
tracking img