O mito da caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (351 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO: Pedagogia
DISCIPLINA: Filosofia e Educação
PROFESSOR (A): Alice Maria Cardoso Nogueira Tavares


Atividade dirigida: O MITO DA CAVERNA

1) Cite três argumentos presentes no texto quejustifiquem o surgimento / origem da filosofia.

A filosofia Originou-se da inquietação gerada pela curiosidade humana em compreender e questionar os valores e as interpretações comumente aceitassobre a sua própria realidade, assim destacamos três argumentos presentes no texto.
O questionar, o libertar, o comprovar.
O questionar: As sombras representam a nossa visão deturpada, a nossaignorância diante do que está por trás do que nossos olhos veem. O inconformismo de um dos prisioneiros, sua duvida e a curiosidade.
O libertar: Tal curiosidade levou o prisioneiro a conhecer o mundo além dacaverna. Mesmo em situação adversa ela se liberta a procura da verdade.
O comprovar: A descoberta de um mundo verdadeiro, com novas cores e formas, o conhecer a verdade e o fato de voltar e tentarconvencer os seus companheiros do mundo real.


2) No texto é citado que a caverna representa o mundo que vivemos. Você concorda com essa afirmação? Justifique a sua resposta, contrapondo com asideias sustentadas no texto.

Sim. A caverna é o mundo ao nosso redor, em que vivemos de acordo a ideais comuns, em que imagens prevalecem e somos aprisionados em nossos conceitos. A saída doprisioneiro e sua visão ofuscada pela claridade, é o começo da descoberta pela verdade, onde temos dificuldades para entender e se apropriar do real. O mundo fora da caverna é o mundo real, que para osfilósofos é o caminho para o conhecimento humano. Quando o prisioneiro resolve voltar, e libertar seus companheiros da condição de ignorância, contrapõe a visão filosófica em repassar o conhecimentoconstruindo um mundo mais justo, com sabedoria.
Por fim, O Mito da Caverna, é uma forma de contar o que o homem teria dificuldade para entender, já que o sábio nem sempre se faz ouvir pela maioria...
tracking img