O grande salto para frente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O GRANDE SALTO PARA FRENTE – CHINA (1958-1960)


INTRODUÇÃO
No período entre os anos de 1958 e 1978 a China viveu um período de grandes mudanças políticas, econômicas e sociais. Muitas dessas mudanças foram consequências de planos governamentais que geraram ora um avanço, ora um retrocesso ao país. Mao e seus seguidores, incialmente reproduziram os passos soviéticos para a implantação docomunismo, com a planificação da economia e o poder centralizado nas mãos do Partido comunista. Acreditavam fortemente na necessidade de modernização da economia e superação de um estágio essencialmente agrícola nas mãos de poucos. Os camponeses foram agrupados em cooperativas agrícolas, semelhantes aos kolkhozes soviéticos. Priorizou-se a industrialização chinesa e deu-se grande ênfase à suaindústria de base.

O GRANDE SALTO PARA FRENTE
O Grande Salto para Frente surgiu como um plano em meio a um cenário problemático no setor político chinês, tanto interno quanto externo. Ou seja, no campo interno, o PC Chinês viveu uma fase de grandes expurgos, onde os críticos de Mao e de sua política, vistos como anti-comunistas, tinham sido enviado aos campos para serem “reeducados”. No campoexterno, no final da década de 50, as relações entre China e URSS tornaram-se tensas com a manifestação de grandes divergências. Com a morte de Stálin, em 1953, e as mudanças ocorridas na União Soviética, Mao acusava os soviéticos de revisionistas e de estarem se aliando ao imperialismo americano. O que culminaria no rompimento das relações destes dois países em 1962.
No setor econômico, contudo, oGrande Salto foi uma tentativa de reverter os resultados ruins na agricultura do Primeiro Plano Quinquenal. Seu objetivo, como plano de metas, era acelerar o crescimento econômico do país, mostrando ao mundo que a China havia encontrado uma maneira de compensar o atraso econômico e tecnológico e alcançar os países industrializados antes dos russos. A meta era, através da mobilização popular,ultrapassar em quinze anos, a produção britânica de carvão e aço.
Foi uma estratégia dupla, ou, como disse Mao, de "andar sobre dois pés." Primeiro, utilizava-se trabalho intensivo para aumentar os sistemas de irrigação, obras de controle de inundações e recuperação de terras; segundo, aumentava-se a produtividade agrícola por unidade de terra, empregando mais pessoas no cultivo, e terceiro, expandia-sea pequena indústria e materiais disponíveis para produzir bens de consumo e equipamentos para a agricultura.

Desta maneira os dirigentes do PC Chinês, dando forma ao plano, mobilizaram, em menos de um ano mais de meio bilhão de camponeses chineses para tarefas de controle de água e irrigação que se integraram a milhares comunas nas quais não havia qualquer tipo de propriedade privada. “Maoelogiou o surgimento da Comuna Popular como ‘embrião do comunismo’ afirmando que ‘as comunas populares são vantajosas. Uma das vantagens é unir cada setor – a indústria, a agricultura, o comércio, a educação e as milícias.” (Chang-Sheng).
Como havia grande deslocamentos de homens para as áreas de irrigação, fez-se necessário que as mulheres assumissem os trabalhos nas cooperativas. Portanto, acoletivização do trabalho doméstico surgiu como uma solução para o deslocamento destas multidões. A coletivização total se implantou nos setores da agricultura, indústria, artesanato e comércio.

O jornal Diário do Povo, órgão porta-voz do partido comunista e do governo chinês, publicou em 1º de setembro de1958: “Num futuro próximo, as comunas populares da região levarão o seu povo ao mais altoparaíso do céu. Isto é, a cada um de acordo com a sua necessidade. Isso significaria pular do reino da necessidade para entrar direto no reino da liberdade” (Chang-Sheing).
O resultado, visível em 1958, foi uma febre tremenda de trabalho contínuo. A construção de novas estradas, indústrias, cidades, barragens, reservatórios e lagos, bem como silvicultura e agricultura, mudou a face do país,...
tracking img