Matematica para concursos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5447 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ACRE

CONCURSO PÚBLICO

Matemática
INSTRUÇÕES
1. Confira os dados de identificação no cartão de respostas e assine na parte superior do verso. 2. Este caderno de provas contém questões numeradas de 01 a 40, as quais devem ser conferidas neste momento. 3. Asrespostas deverão ser transcritas para o cartão de respostas, com caneta azul ou preta, observando atentamente as orientações do preenchimento no cartão de respostas. A correção será feita por leitora óptica, e o não preenchimento correto implica a anulação da questão. 4. Não será fornecido outro cartão de respostas ao candidato em caso de rasura ou engano em seu preenchimento. O cartão de respostas éinsubstituível e de inteira responsabilidade do candidato. 5. Cada questão admite somente uma resposta. Questões marcadas com duas respostas ou rasuradas serão anuladas, o mesmo acontecendo com respostas assinaladas a lápis. 6. Durante a realização das provas não serão permitidas consultas de qualquer natureza, uso de calculadora, fones de ouvido ou quaisquer outros aparelhos eletrônicos ousimilares. Candidato que for flagrado usando o celular, nas dependências em que está sendo aplicada a prova, poderá ser desclassificado do Concurso Público. 7. A interpretação das questões é parte integrante da prova, não sendo permitido aos fiscais auxiliar na interpretação. Se houver alguma dúvida em relação às questões e ela persistir até o término da prova, a mesma será registrada em ATA, paraanálise da Comissão do Concurso Público. 8. O candidato que tiver necessidade de ir ao banheiro não poderá levar celular, relógio ou outros equipamentos metálicos, pois será impedido de entrar, devido ao detector de metais. 9. Os 2 últimos candidatos, ao terminarem a prova, deverão permanecer juntos na sala, sendo somente liberados após entregarem os cartões resposta, assinarem a folha Ata e o lacredos envelopes que guardarão os cartões de respostas para correção. 10. A duração total da prova é de 4 horas, incluído o tempo para preenchimento do cartão de respostas. 11. O candidato só poderá se retirar da sala após uma hora do início da prova. 12. O candidato somente poderá levar o caderno de provas após duas horas de seu início. 13. Ao concluir a prova e o preenchimento do cartão derespostas, entregue o cartão de respostas ao fiscal de sala. 14. O gabarito das provas estará disponível no site www.saber.srv.br, a partir das 20 horas do dia 22 de julho de 2012. 15. O candidato que optar por entrar com recurso após a aplicação das provas deverá seguir fielmente o item 13 do Edital de Abertura. 16. O resultado da prova escrita será divulgado até dia 30 de julho de 2012 no sitewww.saber.srv.br.
www.pciconcursos.com.br

LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto e responda às questões 01 e 02. Ensino médio vive "crise aguda", diz ministro da Educação. O ensino médio vive "uma crise aguda", afirmou o ministro da Educação, Fernando Haddad. A declaração foi feita em 17/09/2007, na abertura do seminário Ensino Médio Diversificado, em Brasília. Com base nos resultados do Saeb (SistemaNacional de Avaliação da Educação Básica), o ministro acrescentou: "O ensino médio custa a reagir". Haddad disse que há perspectivas de melhora na qualidade do ensino médio em dez ou quinze anos, mas não é possível esperar esse tempo para oferecer educação de qualidade aos jovens. O ministro admitiu que, em 2004, o Governo acreditava que a qualidade do ensino médio melhoraria se fossem ampliadas asoportunidades de acesso à educação superior. "Imaginávamos que essas providências (ProUni e ampliação de vagas nas universidades federais) poderiam ajudar a robustecer o ensino médio, mas os indicadores, pelo menos até 2005, demonstram que essas iniciativas não têm impactado satisfatoriamente a questão da qualidade." Para melhorar o quadro, o ministro defendeu a ampliação das escolas técnicas...
tracking img