O ensino de filosofia no ensino médio - projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO



INTRODUÇÃO..........................................................................................................03
REFERENCIAL TEÓRICO........................................................................................05
OBJETIVOS..............................................................................................................07JUSTIFICATIVA........................................................................................................07
METODOLOGIA.......................................................................................................08
REFERÊNCIAS........................................................................................................09


INTRODUÇÃO

O ensino de filosofia foi instituído no Brasil atravésda Lei de Diretrizes e Bases 9394/96 e no artigo 36 determina que todos os alunos ao final do ensino médio “deverá dominar os conhecimentos de filosofia e sociologia necessários ao exercício da cidadania”. Este avanço foi importante neste nível de ensino uma vez que as LDB anteriores quase haviam extinguido as disciplinas dos currículos. Porém não existe definição de sua inclusão nos currículosficando a cargo das secretarias estaduais de educação sua implantação, como fez a secretaria de educação baiana, que tornou as disciplina filosofia e sociologia obrigatórias nas três séries do ensino médio, mediante sua importância na formação de um pensamento crítico, necessário ao aluno do ensino médio.

A decisão do Conselho Nacional de Educação buscou reparar esse fato, definindo o prazo deum ano para que as escolas, das redes pública e privada, ajustem o seu currículo. A partir de então, as secretarias de educação dos estados, assim como os conselhos estaduais, têm se mobilizado para regulamentar a questão, em seu nível de atuação.

Surge a pergunta: ‘porque a disciplina Filosofia é indispensável ao currículo do ensino médio?’, e pode ser respondida afirmando que oferece aojovens a oportunidade de desenvolver um pensamento critico e autônomo juntamente com as outras disciplinas, respeitando suas características próprias.
O filósofo francês Michel Foucault, por exemplo, caracterizou a atividade filosófica como uma espécie de “exercício de si, no pensamento”, isto é, como um trabalho de pensar sobre si mesmo que faz com que cresçamos e nos modifiquemos como pessoas.Sendo o Ensino Médio uma fase de consolidação do jovem, de sua personalidade, de seus anseios, a Filosofia tem aí um importante papel e uma colaboração fundamental. Devemos nos atentar para o detalhe de que a filosofia sozinha não cumpre esse papel, será necessário que tenhamos uma visão panorâmica, sem nos determos ao conteúdo exclusivo do livro didático, pois assim teremos um ensino inócuo etalvez prejudicial.
A forma de escaparmos de tal risco é investindo em um “ensino ativo de Filosofia”, em que os estudantes sejam encorajados a pensar, a desenvolver suas próprias experiências de pensamento. Mas, como nenhum pensamento é “virgem”, essas experiências de pensamento apenas são possíveis por meio do estudo de textos filosóficos, da compreensão de que cada filósofo cria seus conceitospara enfrentar os problemas com os quais se depara. Realizar a própria experiência de pensamento significa, assim, dominar as ferramentas lógicas e conceituais da filosofia, saber identificar os problemas que enfrentamos e aplicar essas ferramentas de pensamento a esse problema, comparando com o que já foi pensado pelos filósofos ao longo da história.
Refletindo um pouco sobre o papel do professorde filosofia pode-se dizer que aquele que se dedicar a dar aula de filosofia sentirá necessidade de pensar seriamente no que isto significa antes de decidir o que fazer em suas aulas e como fazê-lo. O contexto que envolve seu ensino para jovens é complexo já que envolve uma gama de objetivos educacionais que podemos atribuir à filosofia e as possíveis formas de alcançá-los.

Também há a...
tracking img