O desenvolvimento infantil e a aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

NATANE SOUZA DA S. CORDEIRO

Pesquisa em Psicologia do Desenvolvimento

Rio de Janeiro
2011
NATANE SOUZA DA S. CORDEIRO

O Desenvolvimento Infantil e a Aprendizagem

Dissertação apresentada à UniversidadeEstácio de Sá como requisito para primeira avaliação parcial semestral tendo como orientadora a professora Iracema.

Rio de Janeiro
2011
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 02

2 DESENVOLVIMENTO INFANTIL E A APRENDIZAGEM SEGUNDO PIAGET .......... 03

3DESENVOLVIMENTO INFANTIL E A APRENDIZAGEM SEGUNDO VYGOTSK ...... 06

4 COMENTÁRIO RELACIONANDO OS ARTIGOS DE PIAGET E VYGOTSKY ............. 09

5 A APRENDIZAGEM E A PSICOLOGIA ................................................................. 10

6 A APRENDIZAGEM E O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA ................................ 11

7 CONCLUSÃO.......................................................................................................... 12
REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 13



1 INTRODUÇÃO

Adjunto ao tema Desenvolvimento Infantil encontram-se inúmeras variantes de igual importância temática e metódica inseridas em nosso cotidiano. Aaprendizagem é parte fundamental deste tema e está diretamente ligada ao desenvolvimento, visto que, toda e qualquer criança possui, inquestionavelmente, a capacidade de aprender.
Este contexto possibilitará ao leitor um confronto entre as teorias de Piaget e Vygotsky, de modo a apreender porque dois interacionistas acabam por desenvolver leituras distintas sobre o mesmo fenômeno. De fato, asconvergências e divergências entre o pensamento de um e outro autor só podem ser efetivamente compreendidas via um entendimento das raízes epistemológicas de suas ideias.

02
2 DESENVOLVIMENTO INFANTIL E A APRENDIZAGEM SEGUNDO PIAGET

Segundo Piaget, a grande dificuldade para criar um modelo teórico capaz de explicar a estrutura do conhecimento devia-se ao fato de que, no campo da filosofia, oprocedimento metodológico era demasiadamente intuitivo (especulativo) e a biologia, por sua vez, esbarrava na impossibilidade de experimentação. Piaget recorre, então, á psicologia, tomando-a como base para sua proposta teórica. Por meio da ciência psicológica era possível estabelecer as devidas conexões entre filosofia e a biologia, conferindo um caráter científico às observações, já que a mesmapropicia procedimentos experimentais. Na função de aplicar testes de inteligência a um grande número de crianças, Piaget descobriu que as respostas erradas eram, com frequência, mais interessantes que as corretas. Observou também que as crianças da mesma idade cometiam os mesmos tipos de erros nas respostas, fato que o levou a uma conclusão importante: para compreender o pensamento da criança eranecessário que se desviasse a atenção da quantidade de respostas certas e se concentrasse na qualidade da solução por ela apresentada. Daí a ideia central de sua teoria: a lógica de funcionamento mental da criança é qualitativamente diferente da lógica adulta. Logo, era preciso investigar através de quais mecanismos ou processos ocorre essa transformação. Diante destas constatações, Piaget rejeitaos testes padronizados de inteligência, optando pelo método clínico inspirado basicamente em dois outros métodos: o experimental e o de interrogação clínica, largamente utilizada pelos psiquiatras do momento (especialmente Freud e Jung).
Piaget logo percebeu que a lógica não é inata; ao contrário, trata-se de um fenômeno que se desenvolve gradativamente. Assim, parecia pertinente acreditar no...
tracking img