O caso dos exploradores de caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A obra relata o julgamento de um caso fictício, que teria ocorrido no ano de 4300. Os quatro acusados de Whetmore são exploradores de caverna e numa expediçãoteriam ficado presos. Com a demora do resgate começam a entrar no estado de inanição, para que possam sobreviver fazem um acordo que tirando na sorte o que perdesseseria morto para servir de alimento aos demais. Roger Whetmore perde no jogo e morre para servir de alimento aos companheiros.
Após o resgate quatro sobreviventessão levados ao hospital para tratamento e quando têm alta estão sob a acusação do assassinato de Roger Whetmore.
Para julgar o caso foi montada uma corte compostapor quatro juízes.
Foster, J. é contra a condenação alegando que estes estavam num "estado natural" onde não se vigorava as leis ali vigente, pois estavam abaixoda crosta terrestre. Segundo seu julgamento a sentença deve ser vista de tal forma que ha exceções na legislação, assim como, quem comete um crime em legitimadefesa não o fez com dolo, e sim para salvar a própria vida, em sua concepção esses homens fizeram tal coisa para se manter vivos.
Tatting, J. discorda do primeirojuiz,pois em momento algum estavam em estado natural de direito e não se sabe de que forma Roger Whetmore foi morto. A seu critério fica complexo, pois em momentoalgum a lesgilação vigente diz que não se pode comer carne humana. No entanto para ele ficam dois pontos de vista,um que é cruel saber que esses homens sealimentaram de carne humana, e por outro lado fica a indignação em saber que dez vidas foram perdidas no resgate destes que agora foram processados e estão sendo julgados.
tracking img