O brasil privatizado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Brasil Privatizado, um balanço do desmonte do Estado escrito por Aloysio Biondi distribuído pela Editora Fundação Perseu Abramo com mais de 125 mil cópias vendidas e indicadas para o Prêmio Jabuti 2000. As informações e dados utilizados nesse livro foram extraídos de um amplo levantamento do período de 1994 á 1999 de diversos jornais diários e livros ligados à privatização e órgãos respectivos.Esta obra aborda em aproximadamente 42 linhas a assustadora face da privatização. O quanto, como e quando empresas estatais pertencentes á nós brasileiros foram liquidadas e doadas para grupos empresarias nacionais e multinacionais.
Aloysio Biondi escreve de forma clara e concisa as factódes criadas para torna as privatizações de nossas principais, ou melhor, quase todas estatais como a únicaalternativa para a diminuição da dívida interna e também tornar prestação de serviços antes coordenada pelo Estado mais eficiente e barata para população.
As promessas e compromissos acordados para a melhora e convencimento de que a grande “Xepa” de empresas telefônicas, siderúrgicas, de energia, instituições financeiras, redes ferroviárias eram um ótimo negócios para todos, mas como o autorcita não passava apenas de um “negócio da China” e os únicos prejudicados eram os mesmos que contribuíram para a máquina do Estado funcionasse da melhor forma possível. O governo FHC, o autor desses grandes negócios com o nosso patrimônio teve a ajuda e o apoio da mídia que fez uma poderosa lavagem cerebral na população, tornando-a totalmente alienada. Até porque se todos tivessem acesso àsinformações e detalhes que constam no livro de Biondi teriam acontecido grandes manifestações contra esse processo horripilante.
No decorre do livro á o cuidado por parte do autor de especificar as jogatinas que o governo fez para vender as estatais a preço de banana. Em quase todas as empresas do Estado vendidas, meses antes havia sido investido bilhões e também o aumento das tarifas indo contráriocom o que era divulgado, de que as taxas irão á baixar consideravelmente podemos exemplificar com a privatização da Light em que as tarifas aumentaram consideravelmente, a tolerância para acontecer apagões eram inúmeras fazendo com que a queda na qualidade de prestação de serviço fosse corriqueira e a multa a referente a isso era irrisória.
O presidente Fernando Henrique Cardoso, achou queprivatizar era o único caminho para nação e o real não desvalorizar por completo, e ironicamente seu braço direito em todo esse processo foi o banco estatal BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) criado em 1952 no governo de Getúlio Vargas, que deveria estar se remexendo no túmulo diante das condições absurdas como: Proibir o banco estatal de financiar empresas do Estado, masem contra partida aceitava “moedas podres” como pagamento de CNS (Companhia Siderúrgica Nacional) que foi vendida por 1,05 bilhão de reais , sendo 1,01 pagos com essas , financiávamos toda a venda , o empréstimo de moedas, a segurança de grandes investimentos, além disso parcelamento da dívidas maiores do que das “Casas Bahia”. Sem dúvidas o BNDES foi uma verdadeira mãe para as multinacionais,que todo final de balanço mandavam as suas matrizes lucros altíssimos, em cima das altas tarifas aplicadas sobre os pobres brasileiros. Adquiriu altas dívidas como a do BANERJ (Banco Estadual do Rio de Janeiro) que foi vendido por R$330 milhões mas tomou um empréstimo dez maior de 3,3 bilhões de reais , para pagar os direitos dos trabalhadores.
Uma pergunta que foi respondida no livro , se asestatais acarretavam tantos prejuízos como o governo mesmo afirmava e dizia que não havia capital para investir, essas inverdades caíram por terra, quando as empresas se tornaram privadas foram contempladas com lucros estrondosos, o melhor sem investir um centavo na mesma. No entanto, não foi preciso, pois o governo se encarregou de fazer o “saneamento das estatais” as dívidas foram transferidas...
tracking img