O amor como recusa do dom no trovadorismo e no barroco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Leia, abaixo, parte do artigo de Nadiá Paulo Ferreira , “O amor como recusa do dom no trovadorismo e no barroco*, e faça o que se pede:
a) Caracterize a cantiga de amor. (0.25)
Percebe-se a figurada mulher idealizada e o poeta numa posição de vasalo, se colocando a serviço de sua senhora e torna seu amor um objeto de sonho, impossível. Há o canto das qualidades de seu amor, seu supervisor. Écantado a dor de amar e há a ocorrencia frequente da palavra “coita” que significa sofrimento por amor.
É uma relação de vassalagem amorosa, visto que é semelhante as relações dos vassalos com seussenhores.
b) Caracterize a cantiga de amigo. (0.25)
Aqui há a origem popular, onde há a presença de literatura oral, com refrão e paralelismo, nos quais ocorre a facilidade de memorização. É amulher cantando seu amor pelo amigo, ora namorado, para sua mãe ou amigas.
É a iniciação da jovem na vida amorosa, às vezes se lamentando pela ausência do amor e por vezes canta a alegria do encontro.c)Pesquise sobre as características das personagens femininas das obras do período romântico e do realismo. Compare-as com a mulher apresentada nas cantigas de amor e de amigo. (0.5)
O Romantismoretratava o subjetivismo e tinha como um dos assuntos mais frequentes a mulher.
De início, a mulher era tratada como algo distante, perfeito e idealizado.
Depois percebe-se que o Romantismo adquire umespírito manis maduro no que tange a visão da mulher, onde a mesma participa ativamente da experi~encia amorosa. Ela passa a ser retratada de maneira sensual e utiliza dessa sensualidade paraconquistar o amado.
A partir da mudança de gerações dos escritores romanticos ocorreu também a mudança no Romantismo e o mesmo passou a se aproximar mais da realidade.
Já no Realismo, percebe-se que asobras refererem-se a mulher como inteiresseira, adúltera, dissimulada, ociosa, sem cultura, entre outras qualidades que as colocavam de certa forma como vilãs das histórias.
Em comparando as mulheres...
tracking img