A sociologia no esporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS – FUPAC
FACULDADE UNIPAC DE EDUCAÇÃO E ESTUDOS SOCIAIS DE RIBEIRÃO DAS NEVES

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA – 2º PERÍODO

SOCIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO


FUTEBOL, PAIXÃO NACIONAL, REALIDADE SEM IGUAL.


Sociologia aplicada à educação
Futebol, paixão nacional, realidade sem igual.

Projeto de Pesquisa apresentado ao Curso de Educação Física da FaculdadePresidente Antônio Carlos de Ribeirão das Neves, como proposta da disciplina sociologia aplicada a educação

Professora: Marisa de Fátima dos Santos Nascimento

Ribeirão das Neves
Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ribeirão das Neves
Novembro-2011
Tema:
A sociologia no esporte

Assunto:
Futebol, paixão nacional, realidade sem igual.

Justificativa:
O futebol faz parte davida de todos os brasileiros: homens, mulheres, crianças. Todos unidos em torno de uma grande paixão nacional, é como dizem: o Brasil tem milhões de técnicos. Quem não gosta de assistir a um jogo, sentir a emoção de um gol, zoar o adversário pela derrota. Enfim, não dá pra negar, somos todos fanáticos por futebol. O futebol no Brasil é mais que um esporte, é um estilo de vida, uma forma de interagircom a sociedade brasileira. Independentemente de classe social, raça ou qualquer outra diferença, durante uma partida da Seleção brasileira, todos nós brasileiros somos apenas torcedores, com um único objetivo: vencer e levar o nome do Brasil a todas as pessoas do mundo. Sucesso de público, e paixão de muitos, a bola segue rolando no imenso tapete verde do país tupiniquim, colocando dentro dasquatro linhas uma das características mais marcantes do país que é sede da próxima Copa do Mundo. Cantemos então: "Quem não sonhou em ser um jogador de futebol...”.

Objetivo geral:
Relatar a paixão do brasileiro por futebol, mostrando os benefícios e os malefícios que são causados por este esporte na sociedade assim como o que pode ser melhorado ou até mesmo o que pode causar problemas com a Copado Mundo no Brasil que será realizada em 2014.

Objetivos específicos:
Mostrar a paixão dos torcedores pelo futebol nos estádios.
Como o comércio esta se preparando para a Copa do Mundo.
O que pode ser melhorado na área de Educação Física com a realização deste grandioso evento.
O que a comunidade no dia a dia opina sobre paixão por futebol e a realidade por traz de tudo isso.
Qual apreparação e da Polícia Militar nos dias de jogos e para a Copa do mundo.

Local e Público:
Sociedade em geral.

Desenvolvimento:
A skip to main | skip to sidebar paixão nacional por um futebol que não é simplesmente um esporte como outro qualquer. Um futebol que não é simplesmente diversão para uns, ganha pão para outros. Um futebol que é prioridade de vida para a população de um país inteiro.Mais importante que as contas que se tem para pagar, mais importante que uma eleição presidencial, mais importante que respeito, educação e boas maneiras, mais importante que um parente doente no hospital.

Na verdade o futebol é um só, aquele esporte praticado em que 11 homens de um time jogam contra 11 homens de outro time, dentro de um campo, onde o objeto de jogo é uma bola, e o objetivoprincipal é chutar a bola para dentro do gol. O futebol é um só. A relação doentia que o brasileiro tem com ele é que o torna um problema. Às vezes penso que um sujeito brasileiro é capaz de deixar a mãe apodrecer antes de enterrá-la, se ela morrer durante a Copa do Mundo.
Existem muitas pessoas que protestam contra a apatia do povo aos problemas sociais do país e sua exaltação ao futebol odiando oesporte. Mas isso está no sangue do brasileiro torcer, vibrar, gritar, muitos nem gostam do esporte em si, mas sim da adrenalina de passar 90 minutos acompanhando as bolas na área, as tentativas frustradas de gol, 10 minutos ainda dá tempo, termina o jogo se o time perde, é a mãe de juiz de futebol é quem sofre.
Uns não gostam de futebol alegando ser um esporte estúpido, onde as pessoas correm...
tracking img