A Semana de Artes Modernas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola: E.E.E.F.M. “Ponto do Alto”





A Semana de Arte Moderna










Alunos:
Série:
Profª:

Introdução

A Semana de Arte Moderna ocorreu no teatro municipal de São Paulo entre 13 e 18 de fevereiro de 1922.
Foi uma mostra das novas tendências artísticas no ano do centenário da independência e reunia artistas do Rio de Janeiro e de São Paulo.
O idealizador doevento foi o Pintor Di Cavalcante.

















A semana de Arte Moderna
Em um período muito agitado A Semana de Arte Moderna representou uma verdadeira renovação de linguagem, onde os artistas se viram em um momento que precisavam abandonar os valores antigos, ainda muito apreciados, para dar lugar a um novo estilo completamente contrário. A arte passou da vanguarda, parao modernismo.
O evento marcou época ao apresentar novas ideias e conceitos artísticos, como a poesia através da declamação, que antes era só escrita; a música por meio de concertos, que antes só havia cantores sem acompanhamento de orquestras sinfônicas; e a arte plástica exibida em telas, esculturas e maquetes de arquitetura, com desenhos arrojados e modernos.
Artistas e intelectuais de SãoPaulo, com Di Cavalcanti, e do Rio de Janeiro, tendo Graça Aranha à frente, organizaram a Semana que também era chamada de Semana de 22 e na verdade aconteceu durante apenas três dias, 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922. Cada dia da semana foi dedicado a um tema: respectivamente, pintura e escultura, poesia e literatura, e música.

13 de fevereiro (Segunda-feira) - Casa cheia, abertura oficial doevento. Espalhadas pelo saguão do Teatro Municipal de São Paulo, várias pinturas e esculturas provocam reações de espanto e repúdio por parte do público. O espetáculo tem início com a confusa conferência de Graça Aranha, intitulada "A emoção estética da Arte Moderna". Tudo transcorreu em certa calma neste dia.
15 de fevereiro (Quarta-feira) - Guiomar Novais era para ser a grande atração da noite.Contra a vontade dos demais artistas modernistas, aproveitou um intervalo do espetáculo para tocar alguns clássicos consagrados, iniciativa aplaudida pelo público. Mas a "atração" dessa noite foi a palestra de Menotti del Picchia sobre a arte estética. Menotti apresenta os novos escritores dos novos tempos e surgem vaias e barulhos diversos (miados, latidos, grunhidos, relinchos…) que se altername confundem com aplausos. Quando Ronald de Carvalho lê o poema intitulado Os Sapos de Manuel Bandeira, (poema criticando abertamente o parnasianismo e seus adeptos) o público faz coro atrapalhando a leitura do texto. A noite acaba em algazarra. Ronald teve de declamar o poema pois Bandeira estava impedido de fazê-lo por causa de uma crise de tuberculose.
17 de fevereiro (Sexta-feira) - O dia maistranquilo da semana, apresentações musicais de Villa-Lobos, com participação de vários músicos. O público em número reduzido, portava-se com mais respeito, até que Villa-Lobos entra de casaca, mas com um pé calçado com um sapato, e outro com chinelo; o público interpreta a atitude como futurista e desrespeitosa e vaia o artista impiedosamente. Mais tarde, o maestro explicaria que não se tratavade modismo e, sim, de um calo inflamado…
Em um primeiro momento a Semana não teve uma grande importância, mas o tempo apresentou um valor que não se podia imaginar na época. Não havia entre os participantes uma ideia comum a todos, isso fez com que ela se dividisse em diversas tendências diferentes, libertando a arte brasileira da produção nada criativa de padrões europeus, e construindo umacultura essencialmente nacional.
Como todo novo movimento artistico é uma ruptura com os padrões anteriores, isto vale para todas as formas de expressão, sendo atravez da pintura, literatura, escultura, poesia, etc, nem sempre ele é bem aceito, como aconteceu no caso do Modernismo, que a princípio chocou por fugir completamente dos padrões Europeus que influenciavam os artistas brasileiros da época....
tracking img