A ordem do discurso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (721 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A ordem do discurso

Informações sobre o autor :
Paul-Michel Foucault,filho de cirurgião Paul Foucault e de Anna Malapert, nasceu em Poitiers, na França, em 15 de outubro de 1926.
Na suaeducação escolar encontrou todas as influências necessárias para guiá-lo no caminho da filosofia, mesmo contrariando os desejos paternos. Seu primeiro mentor foi o Padre De Montsabert, do qual herdou seu gostopela história. Além disso, era um autodidata e adorava ler. Foucault viveu o contexto da Segunda Guerra Mundial, o que estimulava ainda mais seu interesse pelas Ciências Humanas.
Em 1946 conseguiuentrar na École Normale. Seu temperamento fechado o fez uma pessoa solitária, agressiva e irônica. Em 1948, após uma tentativa de suicídio, iniciou um tratamento psiquiátrico. Foucault realiza suagraduação em Filosofia na Sorbonne, em 1949 obtém o diploma de Psicologia e coroa seus estudos filosóficos com uma tese sobre Hegel, orientado por Jean Hyppolite.
Em 1950, o pensador aderiu ao PartidoComunista Francês. No ano seguinte, Foucault torna-se professor de psicologia na Escola Normal Superior.
Esteve no Brasil em 1965 para conferência à convite de Gerard Lebrun, seu aluno na rue d'Ulm em1954. Em 1971 ele assumiu a cadeira de Jean Hyppolite na disciplina História dos Sistemas de Pensamento. A aula inaugural foiOrdem do discurso".
Em junho de 1984, em função de complicadoresprovocados pela AIDS, Foucault tem septicemia e isso provoca sua morte por supuração cerebral no dia, com 57 anos. Seu companheiro Daniel Defert, seu amante de longos vinte anos, dez anos mais novo que ofilósofo, mas de fôlego intelectual intenso, ainda vive e milita contra a AIDS ou SIDA.
Informações extras : Considerava -se um arqueológo do saber/ Nãoi acreditava que a dominação fosse originária deuma única fonte/ A sociedade moderna não são disciplinadas, mas disciplinares/ O homem é produto de práticas discurssivas/Foucault foi sempre mentalmente inquieto, curioso e angustiado diante da...
tracking img