A obesidade nua e crua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A obesidade nua e crua – CléssicaU

Junto com a obesidade não vem só quilos a mais, vem também problemas relacionados com a doença. Dados do ministerio da saude mostram que o número de pessoas acima do peso avançou de 42% em 2006 para 48% em 2011, números preocupantes que deveriam ter uma importância maior na sociedade, gerando uma preocupação maior nas praticas saudáveis de alimentação e napratica de exercícios físicos que evitem o sedentarismo, e mesmo assim as pessoas continuam a não ter conhecimento dos problemas provenientes da obesidade, que por sinais são muitos. Eles se dividem tanto em doenças físicas quanto psicológicas. Essas doenças podem ser causadas pela má nutrição, que também está relacionada à falta de exercícios, erros alimentares e ao atual ritmo de vida..PROBLEMAS RELACIONADOS À OBESIDADE

PROBLEMAS MÉDICOS:

Diabetes: é caracterizado pelo aumento de glicose no sangue por deficiência ou por resistência à insulina. Existem dois tipos, e apenas o tipo II é causada pela obesidade e outros fatores ambientais. Podemos citar alguns fatores de risco, como histórico familiar de diabetes, sedentarismo, obesidade, doenças coronarianas e outros. A prevenção dodiabetes tipo II pode ser feita através da manutenção do peso ideal, prática de atividade física, não fumar, controlar a pressão arterial e evitar medicamentos que possam agredir o pâncreas, como cortisona e diuréticos.

Hipertensão: é outro problema comum entre os obesos. Um estudo americano mostrou que 75% dos hipertensos são obesos. O motivo é a alta produção de insulina; por isso, muitasvezes, o obeso não é diabético, mas tem problema com a pressão alta. A insulina funciona na manutenção do tamanho dos vasos sanguíneos e também favorece a absorção de água e sódio. Uma alimentação não balanceada somada à compressão dos vasos sanguíneos resulta na pressão alta, que aumenta os problemas no coração.


Apnéia: é a parada respiratória involuntária durante o sono, muito comum entre osobesos, é pouco conhecida e muito grave. O problema atinge mais da metade dos obesos mórbidos.
A apnéia acontece mais nos obesos porque eles têm excesso de gordura na região do pescoço e a faringe fica mais estreita, facilitando o fechamento involuntário. Na posição horizontal do corpo durante o sono, a expansão do pulmão para a respiração também é mais difícil.
Quem sofre de apnéia não tem umsono normal e enfrenta problemas durante o dia, como cansaço, dificuldade de concentração e pressão alta.

Dispnéia: a relações entre a obesidade e seus efeitos sobre as funções respiratórias são verificados através da redução da complacência da parede e da força dos músculos respiratórios causada pela obesidade leva a um desequilíbrio entre o requerimento dos músculos e a capacidade de gerartensão muscular, com consequente percepção do esforço respiratório aumentado (dispnéia). Isto leva ao aumento do trabalho respiratório e da fadiga - gerando, portanto, um círculo vicioso de perpetuação da obesidade. A dispnéia no obeso pode, segundo o especialista, mascarar doenças cardíacas ou pulmonares ocultas.

Angina: é uma dor ou desconforto transitório localizado na região anterior do tórax,sentido como uma sensação de pressão , aperto ou queimação . A angina de peito ocorre quando o músculo cardíaco (miocárdio) não recebe uma quantidade suficiente de sangue e oxigênio.

Infarto: pacientes com gordura localizada na região do pescoço, correm um risco aumentado de serem acometidos de infarto (principalmente com acidentes familiares e após os 35 anos).
A medida padrão do pescoço(em cm) para a prevenção do infarto varia de acordo com o sexo dos pacientes:
• mulher: Medida de pescoço até 34 cm.
• homem: Medida de pescoço até 37 cm.






AVC (Acidente Vascular Cerebral): Vulgarmente chamado de derrame cerebral, é caracterizado pela perda rápida de função neurológica, decorrente do entupimento (isquemia) ou rompimento (hemorragia) de vasos sanguíneos...
tracking img