A madeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1902 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
VOCÊ SABIA ??? - MADEIREIRA SÃO PAULO

1 de 5

Você Sabia ???

http://www.madsaopaulo.com.br/impvocesabia.php?cat=19

Imprimir

22/8/2010 18:46

VOCÊ SABIA ??? - MADEIREIRA SÃO PAULO

2 de 5

Data : 17/11/2004
Você Sabia ???: Padronização é Marketing para Madeira
Resposta : Definições precisas de termos e de
dimensões e qualidade são reconhecidas
como uma das exigênciasbásicas para
racional do comércio de madeiras.

http://www.madsaopaulo.com.br/impvocesabia.php?cat=19

Serrada
especificações de
internacionalmente
o desenvolvimento

No Brasil, a classificação de madeira serrada foi praticada em
larga escala somente com o pinho-do-paraná, destinado aos
mercados domésticos e internacionais.
Atualmente, a despeito da existência de normas para pinus epara madeiras de folhosas (angiospermas-dicotiledôneas),
registradas na ABNT, a classificação só é praticada na
madeira
destinada
à
exportação
para
os
países
desenvolvidos. No mercado nacional a madeira é vendida de
forma não selecionada, a chamada “bica corrida”, ou então,
segundo classificações genéricas como “primeira”, “extra” e
outros, que freqüentemente são motivos dediscordância
entre compradores e vendedores.
A ausência de padronização é uma das queixas freqüentes do
setor de construção civil, por exemplo. Portanto é necessário
tomar medidas efetivas para resolução desse problema.
Dentre estas, apontam-se: a revisão das normas e
especificações disponíveis, sob a perspectiva do desempenho
do material/produto no uso pretendido, divulgação das
normasjunto aos setores de produção, comércio e utilização
de madeira serrada e treinamento de classificadores e de
inspetores.
Depois de escolhida a madeira para um certo uso,
recomenda-se especificá-la por seu nome popular ou
comercial associado ao nome científico. Tal procedimento
evitará as freqüentes confusões que existem no comércio
devido à variabilidade dos nomes populares.
Na inspeçãode recebimento a madeira deve ser identificada
pela anatomia da madeira ou enviada a um laboratório
especializado. Tal medida é recomendada em virtude da
grande variabilidade de madeiras que existem no mercado,
cujas
características
sensoriais
(cor
e
densidade,
principalmente) são semelhantes, porém com propriedades
mecânicas e de durabilidade natural distintas.
Dimensões
Empesquisa realizada na cidade de São Paulo pelo IPT Instituto de Pesquisas Tecnológicas, verificou-se que a maior
parte dos distribuidores de madeira e construtoras afirmam
que trabalham com medidas padronizadas. No entanto, os
entrevistados não mencionam que normas ou especificações
são adotadas. Em geral afirmam que são dimensões
comerciais.
Também é comum associar o nome das peças com suasdimensões nominais (espessura x largura). Entretanto, há
uma confusão em relação aos nomes das peças, como por
exemplo, caibros com pontaletes, tábuas estreitas e sarrafos.
É interessante constar que embora existam textos da ABNT
especificando dimensões e nomes das peças, esses são
ignorados pelos setores de produção e comércio de madeira
serrada e beneficiada. As normas disponíveissão:
• NBR 7203 - Madeira serrada e beneficiada;
• NBR 9480 - Classificação de madeira serrada de folhosas;
• NBR 12498 - Madeira serrada de coníferas provenientes de
reflorestamento, para uso geral: dimensões e lotes.
Outro aspecto importante é o desperdício provocado pela
especificação de peças com dimensões inadequadas.
Portanto, os projetistas devem ser orientados a especificardimensões, principalmente comprimento e largura, o mais
próximo possível das dimensões de uso.
Considerando as normas disponíveis e para evitar conflitos na
inspeção de recebimento, recomenda-se especificar em
projetos/pedidos de compra as seguintes informações:
• nome da peça (viga, caibro, ripa etc.) e respectiva seção

22/8/2010 18:46

VOCÊ SABIA ??? - MADEIREIRA SÃO PAULO

3 de 5...
tracking img