A literatura no ensino fundamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2445 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ENSINO DA LITERATURA NO ENSINO FUNDAMENTAL E/OU MÉDIO, A PARTIR DAS ORIENTAÇÕES CURRICULARES

A partir do documento que encaminha as orientações do ensino da Literatura para o ensino fundamental e/ou médio, expomos as premissas da prática da docência dessa disciplina.

A importância do ensino da literatura na escola é reservar a esta a sua autonomia e especificidade da sua própria natureza.Aproximar-se do discurso literário através da prática da leitura literária é uma possibilidade para distingui-lo dos demais discursos.

A recorrência ao artigo 35 da Lei de Diretrizes e bases da educação Nacional (LDBEN) nº 93,94/96 inciso III (aprimoramento do educando como pessoa humana incluindo e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico), justifica-se a preocupaçãoda literatura como a função de permitir ao educando autonomia intelectual, competência e capacidade crítica contribuindo também em sua formação humanística.

Como sugestão de leitura para reflexão da formação do educando no caminho de sua humanização, sugere-se Antônio Cândido, em seu ensaio O direito à literatura (1995, p.54).

A docência do ensino de literatura não pode perder de vista asua preocupação com o letramento literário, ferramenta importante na formação do leitor literário, ou “letrar” literariamente para que o educando possa descobrir todo o horizonte literário através de textos literários nos seus diversos gêneros; além do mais, o aluno aprenderá a convivência com as leituras literárias e despertará para o prazer da leitura, ao mesmo tempo em que o educa em sua formaçãoestética e humanista.

É importante enfatizar que o educando só terá efetivamente experiência literária pela vivência literária, em sala de aula com textos literários. Para aprender a descobrir a especificidade da linguagem do discurso literário que a diferencia das demais.

FORMAÇÃO DO LEITOR

A preocupação da docência no ensino da literatura é priorizar o manuseio dos diversos gênerosliterários (poéticos, dramáticos, ficcionais). Possibilitar o acesso a esse material literário é também uma maneira de democratizar uma produção cultural inacessível a alguns leitores, principalmente da rede pública de ensino em razão de sua realidade social que os distancia de uma produção literária mais seletiva.

Entre os teóricos que tem como objeto de estudos os textos literários, indicamosBakhtin (1981), em que ele formula o conceito de polifonia trazendo uma contribuição relevante na orientação para uma modalidade de leitura quando propõe estabelecer com o texto literário o dialogismo, pois vai além da estrutura interna da obra e envereda para uma leitura de pluralidade discursiva por meio de diferentes vozes que ecoam no texto literário. A contribuição de Bakhtin é tambémesclarecedora na prática da docência, ao abolir a idéia de um significado único e propor uma leitura em que se estabeleça a disseminação de sentidos expressa pela diversidade de leitores.

COMO FORMAR O LEITOR CRÍTICO NA ESCOLA

Formar o leitor crítico na escola é um desafio para docência do ensino da literatura. Munir-se de instrumentos para chegar até a obra, preocupar-se com o gosto, não perder devista a tradição literária constituem um caminho a ser percorrido. Além desses procedimentos, torna-se importante refletir sobre que métodos utilizar para se ter êxito dessa tarefa.

A responsabilidade da docência no ensino da literatura é, de fato, privilegiar a leitura literária que ajude ao aluno na formação de leitor crítico.

Nesse percurso, é imprescindível motivar a leitura literária comatividades que despertem crianças e jovens ao interesse imediato ao prazer da leitura e não apenas como exercício escolar; ao se sentir respeitado em sua competências de leitor e crítico, o aluno iniciará a construção do seu próprio saber e se formará um leitor autônomo na busca de outras leituras literárias.

O PROFESSOR COMO MEDIADOR NA PRÁTICA DA LEITURA LITERÁRIA

A prática da docência...
tracking img