A importancia do processo contabil nas organizações

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5998 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



















































































SUMÁRIO

1 – INTRODUÇÃO ----------------------------------------------------------------------------------- 03
2 – DESENVOLVIMENTO ------------------------------------------------------------------------- 04
3 – CONCLUSÃO ------------------------------------------------------------------------------------21
4 – REFERÊNCIAS -------------------------------------------------------------------------------- 22


A Contabilidade propõe-se a prover os usuários com informações úteis. Para tal, se utiliza do processo de identificar, mensurar, registrar e informar as mutações que ocorrem no patrimônio das empresas, de forma a permitir julgamentos fundamentados e decisões respaldadas.Pode-se comparar a mensuração como uma "lente", através da qual o gestor vê a realidade organizacional. Como qualquer "lente", a mensuração pode aumentar, reduzir ou distorcer a imagem que o gestor tem da realidade. Assim, o problema central é estabelecer a que melhor auxilie o gestor no atendimento dos objetivos da organização. Ao se falar em processo contábil lembra-se exatamente que osgestores precisam ser orientados.
Normalmente, os números dão a impressão de exatidão. A exatidão, no entanto, nem sempre é facilmente obtida, quando se trata de Contabilidade, visto que se encontra no campo das Ciências Humanas e não no campo das Ciências Exatas.
O fato de que, os valores medidos na Contabilidade serem muito mais de características sociais do que fiscais, nãodeve levar a considerá-los menos representativos do que os calculados em outras áreas do conhecimento, pois, apesar de certa subjetividade na medição de determinados valores, esta subjetividade pode ser muito bem definida e controlada. De certo modo bem mais fundamenta.
Os objetivos deste trabalho, portanto, são: discorrer sobre as formas de aplicação financeira; avaliação de estoque;princípios da entidade e competência e legislação contábil.




















No transcorres da atividade operacional da empresa, ela pode se deparar com um volume de recursos financeiros disponíveis maiores do que o valor necessário para o seu capital de giro, fazendo com que transfira estes recursos geralmente contabilizados nas contas intituladas caixa ou banco conta movimento,para uma aplicação financeira, movimentando esta conta conforme sua necessidade.
As aplicações financeiras constituem-se num leque de investimentos com rentabilidade fixa ou variável, que podem ser efetuadas tanto no mercado financeiro quanto no mercado de capital, na compra de títulos de créditos e valores mobiliários públicos ou particulares como: fundos de liquidez imediata; fundosde investimento de renda fixa ou variável; certificados de depósitos bancários (CDBs); recebidos de depósitos bancários (RDBs); deposito a prazo fixo, títulos e letras do Tesouro Nacional ou dos Estados; letra de cambio; debêntures; aplicações em ouro; aplicações em títulos representativo do capital de outras sociedades, depósitos em cadernetas de poupança; etc.
A classificação dosinvestimentos no balanço depende do prazo fixado para vencimento.
Os investimentos não representativos de capital de outras sociedades podem figurar no ativo circulante ou no realizável a longo prazo, dependendo do prazo fixado para vencimento, seja ele i imediato (aplicação de liquidez imediata – disponibilidades), vencíveis no curso do exercício social seguinte ao do balanço(investimentos temporários a curto prazo – ativo circulante) ou vencíveis após o termino do exercício social subseqüente ao do balanço (investimentos temporários a longo prazo).
Para fins de classificação desses investimentos no ativo circulante ou no realizável a longo prazo, o que conta é a intenção da empresa em mantê-los a curto prazo ou a longo prazo, principalmente aqueles que não...
tracking img