A identidade como objeto de estudo de diversos grupos sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1970 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A IDENTIDADE, COMO OBJETO DE ESTUDO
DE DIVERSOS GRUPOS SOCIAIS
Kelly Souza do Nascimento[1]

A identidade é um conceito do qual faz parte de distinção. De uma marca de diferença entre pessoas, a começar pelo nome, seguido de todas as características físicas do modo de agir e de pensar e da história pessoal.[2] Aspectos de nossas identidades surgem do nosso “pertencimento” a culturasétnicas, raciais, lingüísticas, religiosas e, acima de tudo, nacionais, são conhecidas como identidades culturais.[3] Ela, entretanto é um instrumento que permite pensar a articulação do psicológico e do social em um individuo. A identidade social de um indivíduo se caracteriza pelo conjunto de suas vinculações em um sistema social, isto é, esta está vinculada a uma classe sexual, a uma classe de idade, auma classe social, a uma classe cultural, a uma nação et coetera. A mesma permite que o indivíduo localize-se em um sistema social e que este seja localizado socialmente. Esta, sobretudo não diz respeito somente a aos indivíduos, pois todo grupo é dotado de uma identidade que corresponde à sua definição social, definição esta que permite situá-lo no conjunto social, ela é ao mesmo tempo ainclusão e exclusão de um grupo. [4]
No entanto devemos considerar que a identidade é construída a partir da própria sociedade, sendo esta caracterizada pela multiplicação das referencias, emergindo de uma pluralidade de movimentos que procuram salientar questões e lutas em prol das minorias étnicas, regionais e religiosas.
No caso dos cristão-novos este conceito se enquadra na religiosidade dos mesmos,assim como no conhecimento de uma memória herdada (passado não vivido), onde o individuo obtém informações do que significa ser um judeu, criando assim uma identidade.
Contudo o judeu pode ainda utilizar-se de uma estratégia identitária, onde ele assume uma nova identidade, neste caso ele passa a ser um cristão-novo. Eles foram obrigados a deixar as suas crenças, ou seja, deixar de lado a crençana Lei de Moisés, para a partir de então acreditarem e viverem segundo a Lei de Cristo.[5]
Contudo ele assume essa nova identidade como uma estratégia, para que possa se livrar da inquisição e ter a oportunidade de ir para um novo continente a fim de poder ter uma nova vida, longe de perseguições e massacres. Porém ele não se desfaz de sua cultura por completo. Ele dentro de seu “eu” interior,continua acreditando na sua religião e dentro de sua casa manifesta alguns costumes. Costumes estes que são passados muita das vezes pelas mulheres da família. Isto é, os filhos desses novos convertidos, nasciam dentro dessa mistura de identidades. Ou seja, entre o judaísmo e o catolicismo. Para que os membros da família, não deixassem morrer os costumes judaicos, as mulheres ficam com esta função.No livro de Anita Novinsky, A inquisição na Bahia ela relata sobre o conceito do “homem dividido”, onde demonstra claramente esta “ambigüidade” de crença.
O conceito de identidade pode ser compreendido através de outra vertente anteriormente citada, que chamamos de “identidade cultural”. Esta, no entanto é considerada como um conjunto vivo de relações sociais e patrimônios simbólicoshistoricamente compartilhados que estabelece a comunhão de certos valores entre os membros de uma sociedade. Ou seja, todo o conjunto de conhecimentos e modos de agir e pensar dá origem à cultura, toda sociedade tem a sua, pois não há uma sociedade sem cultura, independente do lugar. Então muitos atrevem-se a dizer que a identidade cultural é considerada um conceito de trânsito intenso.[6]
A identidadecultural tem o poder de caracterizar as pessoas pelo modo de agir, de falar, isto é, como se as “rotulasse” a partir dos modos específicos de sua cultura. Esta última, no entanto é considerada como fruto da miscigenação de diferentes povos que introduziram seus hábitos e costumes, com o contato de uma cultura e outra, pode gerar uma cultura ainda mais diferente. Como foi o caso dos cristãos-novos...
tracking img