A historia da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2810 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A história da contabilidade no Brasil

Augusto César Silveira Costa (uit) gutin_csc@hotmail.com
João Paulo Diniz Oliveira (uit) jpodiniz@yahoo.com.br
Marcelo Aparecido da Silva (uit) marcelosilvas1@hotmail.com

Resumo:
O objetivo deste trabalho é enfatizar os fatos mais relevantes da evolução da Contabilidade no Brasil, desde a época Colonial até os dias atuais. Também são relatadasimportantes datas, além de leis e decretos que ajudaram no desenvolvimento do nosso sistema contábil. A contabilidade não foi apenas um sistema de contas, que o homem organizou mais sim um passo fundamental para uma evolução mais acelerada, conseqüentemente com a evolução, a contabilidade se tornou uma das ferramentas fundamentais para um mundo capitalista.
Podemos destacar que, a nossacontabilidade foi baseada no método italiano e posteriormente migrou-se para o método norte-americano.

Palavras-chave: Contabilidade; Brasil; Evolução.

Abstract:


The objective is to emphasize the most relevant facts of the evolution of accounting in Brazil since the colonial period until today. Important dates are also reported, in addition to laws and decrees that have helped indeveloping our accounting system. The accounting was not only a system of accounts, the man who organized, but rather a fundamental step towards a more accelerated evolution, hence to evolution, accounting has become a fundamental tool for a capitalist world.
We emphasize that our accounting method was based on Italian and later migrated to the U.S. method.


Keywords: Accounting;Brazil; Evolution.

1. Introdução
Como Brasil não possui uma escola de pensamento contábil totalmente brasileira. Podemos dizer que em um primeiro instante, a nossa contabilidade foi baseada no método italiano e posteriormente no método norte-americano, na qual persiste até os dias atuais.
A contabilidade no Brasil ainda sofre grande influência da legislação tributária, e outras normascontábeis.


2. Desenvolvimento

A Contabilidade da Época Colonial ao Brasil Império

A partir da época Colonial a Contabilidade no Brasil iniciou-se com a evolução da sociedade e a necessidade de controles contábeis em 1530. Já no ano de 1549 são criados os armazéns alfandegários, Portugal nomeou Gaspar Lamego como o primeiro Contador Geral das terras do Brasil.
Em relatos dahistoria no dia 16 de julho de 1679, através da Carta Régia é criada a Casa dos Contos, órgão incumbido de processar e fiscalizar as receitas e despesas de Estado. Esse fato é respaldado pela chegada da Família Real ao Brasil em 1808. Com desenvolvimento social que a expansão da atividade colonial provocou um aumento nos gastos, exigindo um melhor controle das contas públicas e receitas doEstado, e para este fim foi implantado o órgão denominado Erário Régio.
Com a instalação do Erário Régio, foi introduzido o método das partidas dobradas, já utilizado em Portugal. O órgão era composto por um presidente com funções de Inspetor Geral, um contador e um procurador fiscal, incumbidos de fazer toda arrecadação, distribuição e administração financeira e fiscal.
No Brasil, aprimeira referência oficial à escrituração e relatórios contábeis ocorreu no ano de 1808, elaborada pelo Príncipe Regente D. João VI, conforme dispõe o texto da Carta:
“Para o método de Escrituração e fórmulas de Contabilidade de minha real fazenda não fique arbitrário a maneira de pensar de cada um dos contadores gerais, que sou servido criarem para o referido Erário: - ordeno que a escrituração sejamercantil por partidas, por ser a única seguida pelas nações mais civilizadas, assim pela sua brevidade, para o manejo de grandes somas como por ser mais clara e a que menos lugar dá a erros e subterfúgios, onde se esconde a malícia e a fraude dos prevaricadores.”
Através do Alvará de 15 de julho de 1809, foi oficializado as Aulas de Comércio no Brasil, com nomeação do Sr. José Antônio...
tracking img