A historia da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS
TEORIA DA CONTABILIDADE

Ribeirão Preto 2011

Etapa 03: Os Princípios Fundamentais da Contabilidade e os Princípios Fundamentais da Contabilidade segundo o CFC e o CPC.

QUADRO COMPARATIVO
CVM, CFC, CPC
PRINCIPIOS E POSTULADOSCONTABEIS | CVM | CFC | CPC |
ENTIDADE | SIM | SIM | NÃO |
CONTINUIDADE | SIM | SIM | SIM |
OPORTUNIDADE | NÃO | SIM |NÃO |
REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL | NÃO | SIM | NÃO |
ATUALIZAÇÃO MONETARIA | NÃO | SIM | NÃO |
COMPETÊNCIA | NÃO | SIM | SIM |
PRUDÊNCIA | NÃO | SIM | SIM |
| | | |

Fazendo uma análise do quadro comparativo, à seguinte conclusão:

O Princípio da Entidade, que tem como conceito, o reconhecimento da autonomia patrimonial, movida pela necessidade de diferenciação de umpatrimônio particular no universo dos patrimônios existentes, independente de pertencer a uma pessoa, uma sociedade ou instituição de qualquer natureza ou finalidade , com ou sem fins lucrativos. É reconhecido na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e no Conselho Federal da Contabilidade (CFC).
O Princípio de Continuidade está inserido na Comissão de Valores Imobiliários (CVM), no Conselho Federal daContabilidade ( CFC) e no Comitê de Pronunciamentos Contábeis ( CPC), e pode ser definido da seguinte forma: as entidades, para efeito de contabilidade, são consideradas como empreendimentos em andamento (going concern), até circunstância esclarecedora em contrário, e seus ativos devem ser avaliados de acordo com a potencialidade que têm de gerar benefícios futuros para a empresa, na continuidade desuas operações, e não pelo valor que poderíamos obter se fossem vendidos como estão.
O Princípio da Oportunidade está inserido apenas no Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e determina que seja realizado a tempestividade e a integridade do registro do patrimônio em regime imediato com extensão correta, independentemente das causas que originaram.
O Registro pelo Valor também faz parteapenas do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e se refere aos componentes do patrimônio que devem ser registrados pelos valores originais das transações com o mundo exterior, expressos a valor presente na moeda do país, que serão mantidos na avaliação das variações patrimoniais posteriores, inclusive quando configurarem agregações ou decomposições no interior da entidade.
A Atualização Monetárianão está inserida na Comissão de Valores Imobiliários (CVM) e nem no Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), porém faz parte do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e diz respeito aos efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis através do ajustamento da expressão formal dos valores dos componentes patrimoniais.
A Competência nãoestá inserida no CVM, porém entendemos que faz parte do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), e do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), para atingir os objetivos nas demonstrações contábeis o regime da competência considera que os efeitos das transações e outros eventos devam ser reconhecido quando ocorrem e não quando o caixa ou outros recursos financeiros são recebidos ou pagos, sendolançados nos registros contábeis e reproduzidos nas demonstrações contábeis. E também interferem no resultado do ativo e do passivo independente do recebimento ou do pagamento.
E por último o Princípio da Prudência que determina a adoção do menor valor para os componentes do ativo e do maior valor para os componentes do passivo, sempre que se apresentarem alternativas igualmente validas para aquantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio liquido. Este princípio está inserido no Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e no Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC).

Etapa 04: Definição de Ativo, Passivo, Patrimônio Líquido, Receitas, Despesas, Perdas e Ganhos.

Passo 1: Ativo e formas de avaliação do Ativo enfatizando Ativo Tangível
Podemos conceituar o Ativo...
tracking img