A guerra do fogo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Filme: A Guerra do Fogo

Reflexão Epistemológica


O filme nos remete visivelmente a situação de que a construção social do indivíduo se dá pelo processo deinteração humana através do convívio grupal. As experiências vivenciadas no grupo possibilitam a construção de suas crenças e valores.
O primeiro grupo, a tribo Ulam, tinha ofogo como um fenômeno sobrenatural, elemento divino e tenebroso, pois não tinham noção de como fazê-lo. O segundo grupo, a tribo Ivakas, dominava a tecnologia do fogo.A linguagem na tribo Ulam baseava simplesmente em gritos e grunhidos, se assemelhando a animais irracionais. A tribo Ivakas tinha uma comunicação mais completa, os sons erammais articulados, a linguagem oral mais desenvolvida, além de outros elementos culturais como habitação e ritos.
Quando esses dois grupos entram em contato há mudançassignificativas no sistema de crenças e valores do primeiro grupo, implicando nas atitudes dos indivíduos através do desenvolvimento de novas formas de linguagem (sorriso),novas formas de expressão corporal (pinturas), no uso de novas ferramentas de defesa e utilitárias, além de um modo diferente de reprodução.
A interação social ocorridamodificou o comportamento dos indivíduos envolvidos, como resultado do contato e da comunicação. Ela é uma necessidade do ser humano, processo dinâmico e contínuo.
Atravésdos fatos ocorridos no filme se confirma que o homem não é um ser individual e sim, parte integrante de uma comunidade ou grupo. As descobertas feitas por um grupo, quandocomunicadas a outro, tornam-se estímulo e ponto de partida para o desenvolvimento e aperfeiçoamento, portanto o convívio social é decisivo para o desenvolvimento da humanidade.
tracking img