A espanhola no ensino medio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1752 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

ROSELI APARECIDA PANDIAN PEREIRA – RA:1014603

O PAPEL EDUCATIVO DA LÍNGUA ESPANHOLA NO ENSINO MÉDIO

MARÍLIA
2012
ROSELI APARECIDA PANDIAN PEREIRA - RA - 1014603

O PAPEL EDUCATIVO DA LÍNGUA ESPANHOLA NO ENSINO MÉDIO

Pré – Projeto de Pesquisa apresentado a Universiade Paulista – UNIP - Pólo Marília - SP – Curso de Graduação – Licenciatura emLetras (Português/Espanhol), como requisito para a elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso.

MARÍLIA
2012

PRÉ-PROJETO DE PESQUISA:
O PAPEL EDUCATIVO DA LÍNGUA ESPANHOLA NO ENSINO MÉDIO

1. INTRODUÇÃO

O ensino da Língua Espanhola, atualmente introduzida na grade curricular do Ensino Médio no Brasil, tem despertado interesses, curiosidades e críticas.
Durante o período deestágio pude observar que alguns alunos apresentavam questionamentos sobre a relevância do aprendizado da disciplina Língua Estrangeira - Espanhol e sobre o uso desta língua no contexto social em que eles vivem.
O objetivo desta pesquisa é refletir e encontrar subsídios para responder ao questionamento destes alunos de forma clara e incentivadora.

2. OBJETIVOS

Objetivos gerais:conhecer a condição atual da língua espanhola e abordar a inclusão deste idioma no Ensino Médio brasileiro.
Objetivos específicos: estudar a função educativa da Língua espanhola no ensino médio, tendo como base principal as especificações dos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (1999) e das Orientações curriculares para o Ensino Médio – Língua Espanhola (2006) e pesquisar outrosreferenciais teóricos que possam contribuir para responder questões como: por que e para que o aluno deve estudar a Língua Espanhola, a função educativa deste idioma para a formação social e cultural do individuo. Qual a sua contribuição para formar o aluno como cidadão local e global, indo além do caráter veicular de uma língua estrangeira, tratar de temas como a diversidade, alteridade eheterogeneidade.

3. JUSTIFICATIVA

A globalização trouxe novos desafios para o jovem, ele tem que estar preparado para interagir em um mundo sem barreiras, conviver com diferentes línguas e diferentes culturas.
A aprovação da Lei 11.161(5/08/2005) torna obrigatória a oferta da Língua Espanhola como disciplina Língua Estrangeira Moderna no ensino Médio, em horário regular nas escolas públicas eprivadas que atuam neste nível de ensino.
Segundo as Orientações Curriculares para o Ensino Médio a aprovação desta Lei tem objetivos culturais, políticos e econômicos. Revela o desejo brasileiro de estabelecer uma nova relação com países de língua espanhola, principalmente os países integrantes do tratado do MERCOSUL(p.127).
Este tratado consolida o livre comércio entre alguns paíseslatino-americanos, a Língua Espanhola, já em ascensão no mundo, passa a ter prestígio no âmbito escolar e acadêmico do nosso país.
De acordo com PCNs para o Ensino Médio – a língua é o veículo de comunicação de um povo, onde se transmite cultura, tradições e conhecimentos. (p. 30)
Infelizmente, nem todos os alunos tem acesso a informações oficiais. Um professor bem preparado pode fornecer aos seus alunosuma visão geral da Língua Espanhola e a utilidade que o conhecimento desta língua pode desempenhar na sua formação como cidadão local e global.

4. METODOLOGIA E PROCEDIMENTOS

5.1 Metodologia

Este trabalho terá como referencial metodológico o estudo bibliográfico, com análise objetiva dos conteúdos pesquisados, a fim de obter um melhor entendimento a respeito dos mesmos.
Arevisão bibliográfica não será uma simples transcrição de pequenos textos, mas uma análise sobre as idéias, fundamentos, problemas e sugestões de vários autores pertinentes selecionados (OLIVEIRA SL. Tratado de metodologia científica: projetos de pesquisas, 1999 p.63).

5.2 Procedimentos

A primeira abordagem será a análise textual, mediante a determinação da unidade de estudo, com uma...
tracking img