A escola como (re) produtora de violências: as relações entre os sujeitos e suas implicações

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2904 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO DE ESTUDOS ESPECIALIZADOS EM EDUCAÇÃO
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO “A GESTÃO DO CUIDADO PARA UMA
ESCOLA QUE PROTEGE”

Elaine Mello dos Santos,

A ESCOLA COMO (RE) PRODUTORA DE VIOLÊNCIAS:
AS RELAÇÕES ENTRE OS SUJEITOS E SUAS IMPLICAÇÕES

São Leopoldo
2011

Elaine Mello dos Santos,

A ESCOLA COMO (RE)PRODUTORA DE VIOLÊNCIAS:
AS RELAÇÕES ENTRE OS SUJEITOS E SUAS IMPLICAÇÕES

Projeto de Intervenção Educacional apresentado ao Curso de Pós-Graduação “A Gestão do Cuidado para uma Escola que Protege”, modalidade à distância, do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina, como requisito parcial para aprovação.

São Leopoldo
2011SUMÁRIO

|1 |INTRODUÇÃO ...................................................................................................... |4 |
|2 |JUSTIFICATIVA .................................................................................................. |5 |
|3 |QUESTÕES NORTEADORAS ............................................................................|7 |
|4 |OBJETIVOS ........................................................................................................... |9 |
|4.1 |Objetivo geral |9 |
||......................................................................................................... | |
|4.2 |Objetivos específicos .............................................................................................. |9 |
|5 |METODOLOGIA .................................................................................................. |10 |
|6 |CRONOGRAMA................................................................................................... |11 |
|7 |RECURSOS ............................................................................................................ |12 |
|8 |BIBLIOGRAFIA .................................................................................................... |13 |

1 - INTRODUÇÃO

Sabemos que asviolências acompanham a história da humanidade e que permeiam nossa sociedade em diferentes formas e manifestações. Constantemente somos violados, como também violadores, em nossos direitos ou na não garantia dos mesmos.
Crianças e adolescentes sofrem diariamente situações de violências que causam uma série de desorganizações, são submetidos a situações de domínio e de controle pelo adulto ou porseus pares, e acabam agredidos física e moralmente.
A escola é socialmente concebida como um espaço de aprendizagem de saberes, julgados essenciais, que são transmitidos para a formação dos sujeitos que se inserem neste espaço na condição de estudante. Para além de questionar a função social da escola, este projeto de intervenção educacional visa investigar e intervir sobre a escola quetambém produz violências. Além disso, propõe uma reflexão acerca da função social da instituição escolar, situando-a como espaço de inter e trans-culturas que cria e reproduz visões de mundo, que reflete as violências de seu entorno, mas que também produz outras tantas em seu interior.
Através de uma pesquisa quantitativa, diagnosticaremos como a comunidade escolar percebe a prática da produção deviolências e como podemos pensar as violências como um fenômeno social de múltiplos desdobramentos e concepções. Os dados deixaram muito claro que a escola não apenas reflete as violências de seu entorno, mas também é responsável pela produção de atos de violências e isto acontece em todos os segmentos da comunidade escolar.
A partir desta compreensão, visamos refletir sobre as violências...
tracking img