A economia nos assentamentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1948 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTÁCIO - FAL
2012
Assentamento São José- Ceará – Mirim/RN
Relatório da aula de campo –Maxaranguape/Ceará – Mirim/RN.
Paula Ferreira
Relatório da aula de campo realizada no dia 05 de maio de 2012,
na cidade de Maxaranguape, Assentamento São José e a cidadede Ceará-mirim.

de Fundamentos da Economia do Curso de Direito da Estácio Fal- Faculdade de Natal.


Apresentação:
Neste relatório, serão apresentadas considerações sobre o que foi observado durante a aula de viagem realizada no dia 05 de maio de 2012, cujo principal objeto de estudo foi àeconomia local, foi feito um aparato da cidade de Maxaranguape, bem como se poderiam melhorar as condições através das informações obtidas sob o Assentamento São José e como se deu formação econômica da cidade de Ceará – Mirim. Nossa aula teve como lugares de visitação a Árvore do Amor, Assentamento São José em Maxaranguape, o Museu Nilo Pereira, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e o MercadoPúblico em Ceará – Mirim. Os dados foram coletados por meio de observação e depoimentos.

DESENVOLVIMENTO
1- Breve relato sobre a cidade de Maxaranguape:
A cidade tem um carnaval popular muito atrativo, além dos vários pontos turísticos como: o encontro do Rio com o Mar, principal ponto turístico da cidade, o cabo de São Roque considerado o ponto mais próximo da África e Europa, a Árvoredo Amor, que segundo a lenda; diz que um casal de índios fizeram juras de amor e amarram fitas aos troncos, então as duas árvores se entrelaçaram, formando um arco em forma de coração, e todos os casais que ali estiverem e fizerem seus votos vão ser felizes para sempre. As árvores sobrevivem pelos cordões de suas raízes. No entanto, essa atração turística não tem divulgação, o acesso aos pontosturísticos é precário, praticamente não existe infraestrutura para chegar até o Farol do Cabo de São Roque, porque não há incentivo político e a população ainda não despertou para a transformação que este contexto proporcionara para todos, se for devidamente divulgados e sinalizados.
A política da cidade é imposta por Amaro Saturnino, principal poder político e econômico sobre a cidade, exerceumandato anterior por oito anos (utiliza a política do coronelismo, porém, o professor informou que ele é uma excelente pessoa). A sua administração não trouxe desenvolvimento e nem muito menos crescimento econômico, faltou visão política. Ele utilizou a política de doação de terrenos para construção das casas em até dois anos, em troca de pagamentos de impostos – IPTU, isso por si só não foisuficiente para o desenvolvimento. A atual prefeita é Neidinha, muito pouco esta fazendo pela população, os políticos ainda não acordaram para o incentivo do turismo, o qual contribuirá para o desenvolvimento econômico da cidade.
Dando continuidade a viagem, passamos pelo empreendimento do Hotel Beckman, que tem a pretensão de ficar pronto até a copa de 2014, através do status que seu Nome apresenta,Beckman pretende trazer vários grupos de turistas estrangeiros para o seu complexo hoteleiro, acredita-se que este Resort será um grande salto na economia da cidade.
Continuamos a viagem com destino ao Assentamento São José, quando chegamos fomos recepcionados em uma escola (há única que existe no povoado, o empreendimento serve para todas as atividades do assentamento).
O nosso grupo foirecebido pelo Sr. Artur, um dos líderes do Assentamento, que nos deixou a parda situação, através de seus relatos, de como tudo começou e quais são as dificuldades que a comunidade enfrenta. Ele nos disse que o Assentamento foi fundado há 13 anos por um grupo de “posseiros” os quais residiam sob as árvores, em barracas de palha próximas a um galpão, onde foi instalada a sede do acampamento. Ali se...
tracking img