A economia no antigo oriente proximo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Economia no antigo Oriente Próximo
A economia das sociedades do antigo oriente próximo e caracterizada por organização não capitalista, diferente da economia atual
Há existência de estabelecimentos humanos era possível através do aproveitamento dos recursos naturais ,como na mesopotâmia com os rios tigre e Eufrates , e do rio Nilo no egito ,na mesopotâmia os rios Tigre e Eufratespermitiram que a terra se tornassem férteis o bastante para o desenvolvimento da agricultura. Tanto Nilo quanto Eufrates e o tigre aumentavam o volume de suas aguas em determinada época, conhecida como cheia, inundando as régios a sua volta trazendo um deposito de areia, cascalho e argila permitindo assim que aterra fosse fertilizada e ficasse pronta para semeadura. Para maior aproveitamento dosrecursos do rio foi necessário grandes obras na area de irrigação, que eram realizados tanto pelo estado quanto pelas comunidade aldeãs.
No caso da mesopotâmia as cheias não eram tão regulares como no Egito e muitas vezes acabavam por destruir o solo em vez de fertiliza-lo. Os mesopotâmios construíram grandes complexos hidráulicos como diques e barreiras para conter as aguas e canais paraescoa-las.
A presença dos rios na região do antigo oriente próximo foi fundamental para o desenvolvimento da civilização que ali existiram, sem as cheias e sem a organização de um sistema de irrigação dificilmente essas sociedades iriam prosperar.
Essa e a primeira característica da economia próximo –oriental que dependia do aproveitamento dos rios. Tendo por base da economia da região que eraessencialmente agrícola.
Períodos que as cheias eram devastadoras ou insuficientes traziam problemas como escassez de alimentos e fome .
A destruição de obras hidráulicas em virtude da guerra na mesopotâmia levou a região a viver momentos complicados.
Tendo em vista a evolução da sociedade próximo oriental em especial a egípcia e a mesopotâmia formulou-se
Modo de produção domestica.Fruto da revolução neolítica próprio das comunidades aldeãs teria sido a primeira forma de organização econômica.
Modo de produção palatino. Fruto da revolução urbana, furto da revolução urbana . Caracterizada por grandes complexos palaciais e templários como centro de organização social. Usando como base o modo de produção o modo de produção domestico pode se desenvolver e se reproduzir.
Eramquatro logicas econômicas sociais .
Palacial aldeã
Grande economia familiar ou individual
Pequena economia familiar ou individual
escavista
Palacial-aldeã surgiu em decorrência da urbanização, e posteriormente do controle que o estado passou a exercer sobre as comunidade aldeãs a partir da estabilização da agropecuária sedentária. Mas as aldeias ainda possuíam certa autonomia. Os complexoseconômicos estatais passaram a controlar a economia centralizando organização das riquezas e do trabalho social.
A riqueza obtida com a tributação das aldeias e com a corveia serviço compulsório devido ao estado, era concentrado nos complexos estatais para posterior redistribuição pelo próprio estado com pelos excedentes á população .
O pagamento da corveia poderia ser paga com aconstrução de obras publicas ou no campo, ocorria no período da entre safra quando não havia terras para trabalhar. os trabalhadores recebia remuneração diária em forma de rações pelo serviço prestado.
Os tributos eram pagos pelas aldeias em gêneros alimentícios .
Grande economia familiar ou individual.
Que surgiu principalmente de interesse privados no comercio de longa distancia, grandesfuncionários, sacerdotes e comerciantes que investiram em terras e escravos, criando assim uma pequena clientela a seu serviço. Algumas pessoas ricas conseguiram arrendar terras palaciais e as dividiram em lotes para sub arrenda-las controlando as relações econômicas da propriedade.
Pequena economia familiar ou individual.
Era própria de lavradores que conseguiam uma certa autonomia econômica embora...
tracking img