A conquista feminina no mercado de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3905 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CONQUISTA FEMININA NO MERCADO DE TRABALHO





RESUMO: Tudo começa com a necessidade das mulheres em deixarem seus postos de donas-de-casa para assumirem o lugar de seus maridos nos negócios da família, após eles terem partido para a I e II Guerras Mundiais. No século XIX, o capitalismo se consolida e traz consigo novas leis que beneficiava mas mulheres. Porémmesmo após esses benefícios as dificuldades continuaram e só através do tempo que elas foram conquistando
o seu espaço. Hoje as estatísticas mostram que elas estão conseguindo entrar no mercado e que seus rendimentos estão subindo e em muitas vezes elas conseguem superar os homens. Entretanto, mesmo com todas essas conquistas continua existindo a discriminação e o preconceito eprincipalmente a desigualdade salarial entre os sexos.



Mulher
Semente...
SER-mente...
SER que faz gente,
SER que faz a gente.
Mulher
SER guerreiro, guerrilheiro, lutador...
multimídia, multitarefa, multifaceta, multiacaso...
multi-coração...
Mulher
SER que dá conta,
que vai além da conta,
que multiplica,
divide, soma e subtrai, sem perder a
conta, sem se dar conta,
de que esse século foiseu parto,
na direção de seu espaço,
de seu lugar de direito e de fato,
de seu mundo que lhe foi usurpado e que
agora é por ela ocupado.
Autor Desconhecido.



1 INTRODUÇÃO

Este artigo trata sobre a evolução da mulher no mercado de trabalho,
suas conquistas através do tempo no Brasil e no mundo. No início dos tempos as mulheres eram vistas apenas como donas-de-casa eera o marido que ditava as regras e que era o provedor do lar e as mulheres eram proibidas de trabalhar, ou então deviam pedir permissão para tal ato.Contudo, elas conseguiram romper as barreiras da desigualdade, do preconceito de que toda mulher servia apenas para cuidar das obrigações domesticas, a partir dos anos 70 elas começaram a invadir o mercado de trabalho em um contexto de expansãoeconômica e um crescente processo de industrialização e urbanização. As conquistas progrediram por todos os anos 80 apesar da estagnação da economia. Na década de 90 caracteriza-se por uma intensa abertura econômica continua-se a tendência da entrada da mulher no mercado de trabalho ao ponto de faltarem vagas e haver desemprego feminino.
Desde então, várias mudanças aconteceram no perfil dastrabalhadoras, entre elas a o perfil etário, a escolaridade, e o estado civil.
Atualmente, o mundo anda apostando nos valores femininos, no seu talento e carisma. O seu trabalho tem sido notado pelas inúmeras mudanças que
continuam causando, tais como a capacidade de trabalhar em equipe ao invés do
individualismo, a cooperação no lugar da competição, a persuasão em oposição ao
autoritarismo.
Asmulheres, hoje, invadiram praticamente todos os lugares, ocupam
postos nos ministérios, nos tribunais superiores, em organizações de pesquisa de
tecnologia de ponta, no topo de grandes empresas. Pilotam jatos, perfuram poços de
petróleo, comandam tropas. E não um gesto se quer masculino que ela não tenha a
capacidade de aprender e realizar. No entanto a entrada da mulher no mundo do
trabalho vemsendo acompanhada, ao longo dos anos, por um alto grau de
discriminação, principalmente à desigualdade salarial entre homens e mulheres.
Este artigo está organizado da seguinte maneira: um pouco de história,
o trabalho da mulher no Brasil, a evolução das taxas de atividade feminina, a sua
participação no mercado de trabalho, a questão do estudo, desigualdade salarial e
suas conquistas ao longodo tempo.






2 A ENTRADA DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO



De acordo com o art. 113, inciso I da Constituição Federal, “todos são
iguais perante a lei”. Porém nem sempre foi assim na realidade. Desde o século
XVII, que as mulheres estão lutando por essa igualdade.
A entrada da mulher no mercado de trabalho deu-se com as I e II
Guerras Mundiais (1914-1918 e 1939 – 1945,...
tracking img