A cobertura do casamento real pelo jornal hoje como espetáculo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL
FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

A COBERTURA DO CASAMENTO REAL
PELO JORNAL HOJE COMO ESPETÁCULO

Porto Alegre
2012
Introdução

A cerimônia de casamento entre o príncipe Willian Arthur Philip Louis, um dos herdeiros da coroa britânica, e de Catherine Middleton, estudante de História da Arte, realizada no dia 29 de abril de 2011, emLondres, obteve grande repercussão nos canais de mídia do mundo todo. A estimativa foi de que 2,5 milhões de pessoas tenham assistido às imagens da cerimônia. Este artigo tem como intuito analisar a importância exacerbada que o acontecimento recebeu através de um dos principais programas de telejornal do país, o Jornal Hoje, da Rede Globo de Televisão, tendo como base a teoria de Guy Debord arespeito da "sociedade do espetáculo”.
O Jornal Hoje, edição do dia 29 de abril de 2011, apresentou grande ênfase à cobertura do casamento real, restringindo espaço para outras possíveis matérias jornalísticas de maior interesse e utilidade para o público. Durante as reportagens, além de descreverem todo o percurso do casal, os jornalistas deram grande destaque a detalhes superficiais, como o vestidoda noiva, seu comportamento durante a cerimônia e os acessórios do carro em que eram transportados. No programa, ocorreu também uma entrevista com o professor de história Francisco Vieira, comentando outras diretrizes da cerimônia, do ponto de vista histórico do acontecimento, porém dando ênfase à postura de Catherine durante o evento.
A partir do destaque que o Jornal Hoje deu a essa grandequantidade de detalhes da cerimônia, apresentados na reportagem, é possível relacionar a cobertura do telejornal com dois pontos da teoria de Debord. A cobertura do casamento real é um bom exemplo para ilustrar a ideia de espetáculo, mais especificamente as teses sobre aparência e alienação, apresentadas pelo autor. Através de simples reportagens e matérias, é mostrado como os principais personagensde um casamento podem se tornar não apenas um objeto de diversão para o público, mas também gerar idealização e alienação no telespectador. O evento transmitido se transforma em uma plataforma social, onde a família real usa da cobertura mundial do casamento, uma vez na condição de espetáculo, como uma forma de atrair atenção e prestígio para si.

1. Apresentação do caso: o casamento real noJornal Hoje

O casamento entre o príncipe William e Catherine Middleton aconteceu no dia 29 de abril de 2011, na Abadia de Westminster, em Londres, Inglaterra. A imprensa realizou uma grande cobertura do evento, enquanto a cerimônia atraiu cerca de 1 milhão de pessoas para as ruas da cidade. Na mesma data, o Jornal Hoje, apresentado por Sandra Annemberg, exibiu uma edição de aproximadamente 18minutos sobre o casamento real. O telejornal começou com uma pequena recapitulação, seguida por narração dos principais momentos, comentários sobre moda e entrevista sobre detalhes triviais do evento.
O repórter Marcos Losekann cobriu o casamento real diretamente de Londres. Na narração dos principais momentos do evento, chamou atenção para a reação do povo britânico quando, após a cerimôniareligiosa, no desfile que se sucedeu, os noivos deixaram o local em um carro conversível dirigido por William, acontecimento destacado por Losekann e que, de acordo com ele, foi uma cena inusitada que levou o público ao delírio. O automóvel era um Aston Martin, volante DB6 MKII de 1969.
Em seguida, a repórter Cecília Malan falou sobre moda. Com o auxílio de entrevista com a jornalista e consultora de modaGlória Kalil, comentou sobre o vestido de Kate e sua autoria. Sandra Annenberg deu destaque para o vestido utilizado por Kate Middleton no casamento real e sua autoria, da estilista Sarah Burton, que foi revelada apenas quando a noiva chegou na entrada da igreja.
Na sequência, a apresentadora Sandra Annemberg encaminhou para uma entrevista com o professor de História, Francisco Vieira, sobre...
tracking img