A arte fora de mim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Atravessando o Riacho
Ou
A Arte Fora de Mim
Por Sîan

“Por que fazer uma obra de arte quando é tão melhor sonhá-la?”
Última frase do filme “O Decamerão”
Há um ano e meio, eu me encontrei em apuros. Eu estava fazendo o diagnóstico de
uma garota adolescente, cuja queixa era o seguinte: “algo está de errado com minha filha.
Não consigo mais me relacionar com ela. Seria culpa da minhaseparação? Ou talvez culpa
do meu namoro?” Enfim, a mãe sofria de um quadro que acomete somente os adultos: a
Síndrome da Adolescência.
A menina, por outro lado, se viu lançada na terapia, e foi-lhe dada a primeira tarefa:
fazer o psicólogo se abrir e estabelecer um vínculo com ele. Certo dia, ela trouxe uma
ferramenta terapêutica: uma poesia. O poema descrevia uma menina sentada em uma
pedra,olhando o mar. Havia pedra, havia brisa, havia ondas, havia horizonte. Haveria um
sentido. Falei, “Sim! Olha a vida!” Ela respondeu, “não, veja o horizonte.” Falei, “Sim!
Quanto confusão e novidade a esta idade!” Ela: “não, veja as ondas.” “Sim! Olha você!”
“Não, veja a menina na pedra.” E a psicologia clínica apontando: “Ahã! A Resistência!”
“De todo o escrito, só me agrada aquilo que uma pessoaescreveu com o seu sangue.
Escreve com sangue e aprenderás que o sangue é espírito.
É difícil compreender sangue alheio: eu detesto todos os ociosos que lêem.”
Assim Falou Zarathustra, Ler e Escrever, Parte 1
Fico a me perguntar: que tipo de leitores temos nós, da área psi e intelectuais, sido?
Mais um século, a previsão do Nietzsche, mais um século, e o próprio Espírito terá mau
cheiro.Passou-se um século inteiro de análise e práticas terapêuticas que lançam mão da
arte como ferramenta, como caminho rumo ao auto-conhecimento. Deve haver uma
intenção simbólica por trás da arte. E quando não há... arrá! Eurequemos! Quando o cliente
barra paciente concorda conosco, ele tem um insight. O que é tudo muito útil e bonito.

Muita gente já se beneficiou com as introspecçõespsicológicas cujo combustível é a
expressão artística.
Mas a experiência do artista é fundamentalmente outra.
A imagem que mais se assemelha à minha
experiência com a expressão (e nisso incluo esta fala
presente) se encontra no filme “Sonhos” de Akira
Kurosawa. Um homem contempla quadros de Van
Gogh e, de repente, ele está caminhando dentro dos
próprios quadros. Nós vemos pontes e campos ecamponesas, mas com a marca do jogo de cores do
pintor. Ele sai em busca de Van Gogh. Quando finalmente ele encontra o autor do mundo
que ele vive neste momento, este o aponta à imagem da locomotiva. A arte o toma como
locomotiva, e ele precisa retratá-la. Ele é compelido a retratar o campo, a ponte, as
camponesas. Quem é ele no quadro? Sem dúvida, ele está lá. Mas trata-se de trigo.
Milan Kundera (oautor de “A Insustentável Leveza do Ser”) diz,
“a característica distintiva do verdadeiro romancista: ele não gosta de falar de si
mesmo. [...] De acordo com uma metáfora bem-conhecida, o romancista destrói a casa de
sua vida e faz uso dos tijolos para construir uma nova casa: aquela de seu romance. Do que
deve-se inferir que os biógrafos do romancista des-fazem o que o romancista fez, ereconstroem aquilo que ele destruiu. Seu labor, do ponto de vista puramente negativo, pode
nem esclarecer o valor nem o sentido do romance.”
Milan Kundera, 63 Palavras, item “Romancista (e sua vida)”
“ – O que é isto?
– Apenas o vento.
– Alguém está vindo?
– É o vento! É o vento!
– O que vai bulindo
nas folhas o grito
branco do horizonte?
– As folhas do grito
reverdecem onde
é mais alto oespírito.”
Carlos Nejar, “O Grito”, in Todas as Fontes Estão em Ti

Mas então, se não é estritamente o artista que fala, então quem fala? Heidegger
desvela o enigma (lembrando que sempre ao lançar luz, lança-se também sombras):
“A linguagem fala. Isso significa primeiro e antes de mais nada: a linguagem fala.
[...] O que é esse nomear? Será apenas atribuir palavras de uma língua aos...
tracking img