Zoon politicon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A INDIVIDUALIDADE POLÍTICA – O ZOON POLITIKON – E O PROCESSO DE INDIVIDUALIZAÇÃO NOS GRUNDRISSE DE MARX






Prof. Dr. César Augusto Ramos
Prof. Filosofia Política – Depto de Filosofia da UFPR
Comunicação – Principais pontos
Um aspecto importante na análise marxista (particularmente aquela inspirada nos textos dos Grundrisse) da individualidade do ser humano é a referênciaexplícita e literal que Marx faz à famosa definição aristotélica de homem (presente tanto na Política como na Ética a Nicômaco.) como zoon politikon (animal político). Para Aristóteles "o homem é por natureza um animal político", isto é, um ser vivo (zoon) que, por sua natureza (physei), é feito para a vida da cidade (bios politikós, derivado de pólis, a comunidade política). No contexto dafilosofia de Aristóteles, essa definição é plausível e revela a intenção teleológica do filósofo na caracterização do sentido último da vida do homem: o viver na pólis, onde o homem se realiza como cidadão (politai) manifestando, no termo de um processo de constituição de sua essência, a sua natureza. Parece claro para os intérpretes de Aristóteles que o "zoon politikon" não deve ser compreendido como"animal socialis" da tradução latina. Este desvio semântico resultou num sentido alargado do termo grego que acabou se identificando com o social. Para Aristóteles, o social significava mais o instinto gregário, algo que os homens compartilham com algumas espécies de animais. O simples viver junto, em sociedade, não caracteriza a destinação última do homem: a "politicidade". A verdadeira vida humanadeve almejar a organização política, que é uma forma superior e até oposta à simples vida do convívio social da casa (oikia) ou de comunidades mais complexas. A partir da compreensão da natureza do homem determinados aspectos da vida social adquirem um estatuto eminentemente político, tais como: a noção de governo, de dominação, de liberdade, de igualdade, do que é comum, do que é próprio, etc.Quando Marx nos Grundrisse (Grundrisse der Kritik der politischen Ökonomie – 1857/58) afirma que "O homem é no sentido mais literal, um zoon politikon, não apenas um animal social-gregário (geselliges Tier) mas um animal que pode se individualizar (sich vereinzeln) na sociedade", a referência ao zoon politikon de Aristóteles é explícita. Resta saber qual o alcance que Marx da à interpretaçãoaristotélica, e quais as implicações que essa referência traz para a idéia marxista de indivíduo, de sociedade e de política. Nos textos de juventude o entusiasmo de Marx pela velha Grécia evidencia uma ligação com o ideal político grego, a tal ponto de H. Arendt afirmar que o ideal de Marx da melhor forma de sociedade não é a utopia, mas a reprodução das "condições políticas e sociais da mesmacidade-estado ateniense que foi o modelo da experiência para Platão e Aristóteles e, portanto, o fundamento sobre o qual se alicerça nossa tradição" (Entre o passado e o futuro). Até que ponto esse investimento grego da condição humana permanece nos textos da maturidade, como os Grundrisse? De qualquer modo, determinados temas permanecem constantes na teoria política marxista, como: a necessidade depolitização da vida social do homem, a não separação da sociedade política em relação à sociedade civil; da atividade material dos homens em relação ao seu universo político; da sua posição real na sociedade em relação ao seu estatuto comunitário.
A ênfase do sujeito que alcança um momento superior da sua individualidade como animal político na Koinonia politiké, encontra sua versão moderna naFilosofia do Direito de Hegel. A dialética entre o particular (o bourgeois da sociedade civil-burguesa) e a universalidade do Estado produz uma singularidade política, a do citoyen, membro Estado. Marx critica essa dialética, na medida em que ela é a expressão (ideológica) de um processo real que desfigura a realidade individual concreta dos homens, transportando-a da terra para o céu da política. O...
tracking img