Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1737 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
.

PROJETO
Inclusão escolar de crianças e adolescentes com
transtornos psíquicos e problemas
em seu
desenvolvimento.

Apresentado a:
FAS/COMTIBA –
Conselho Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente de Curitiba.
Por:
Associação SERPIÁ –
Serviços e Programas para a Infância e a Adolescência

Curitiba – Novembro de 2007

1 – TITULO DO PROJETO:
Inclusão escolar de crianças e adolescentescom transtornos psíquicos e
problemas em seu desenvolvimento.
2 – SUMÁRIO:
Atualmente muito se tem incentivado a inclusão escolar de crianças vítimas
de transtornos mentais e comportamentais na escola regular. Porém ela só é
possível com o apoio do professor que irá acolher este aluno. Falta suporte
em termos de uma rede de apoio à inclusão escolar que inclua os
tratamentos devidos diante daproblemática de cada criança, tanto quanto a
capacitação dos docentes para a promoção de ações que contemplem a
necessária adaptação escolar e curricular para essas crianças.
Na experiência da SERPIÁ, um tratamento exitoso de crianças com
transtornos psíquicos e com dificuldades de aprendizado envolve: o
atendimento clínico individual, a socialização dessa criança (brinquedoteca,
oficinas terapêuticas), aparticipação e comprometimento de seus pais com
o plano terapêutico de seus filhos e, a inclusão escolar. A ausência de um
desses elementos compromete todo o processo.
Com o presente projeto, a Entidade propõe uma interlocução e capacitação
de professores e técnicos da equipe pedagógica das escolas envolvidas,
para que adquiram conhecimentos e habilidades para lidar com esse
público alvo e tenhamcomprometimento com a inclusão escolar. O público
preferencial são as escolas freqüentadas por crianças atendidas pela
SERPIÁ, com atenção especial para as encaminhadas pelas casas abrigo e
instituições conveniadas com a FAS.
O projeto será executado em seis meses, seu custo total é R$: 24.720,00, e
esse valor é solicitado à Fundação de Ação Social, através do Fundo da
Infância e Adolescência, afundo perdido.

3 – APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE
Nome: Associação SERPIA – Serviços e Programas para a Infância e a
Adolescência
Endereço: Rua XV de Novembro 2030 – CEP 80.050-000
serpia@serpia.org.br - www.serpia.org.br
Conselho Deliberativo:
Presidente: Hélio Cadore
Vice-Presidente: Dr.José Geraldo Lopes de Noronha
Coordenação Executiva: Regina Célia T. Castanharo
Coordenação Clínica: VerônicaFleith
Coordenação Terapêutica: Maria Augusta M.Guimarães
Local de execução do Projeto: Rua XV de Novembro 2020/20030
A Associação SERPIÁ foi formalizada em 27/02/2003, para dar
continuidade a um programa de atendimento a crianças e adolescentes com
transtornos psíquicos, iniciado em 2002, no Hospital Nossa Senhora da Luz
e encerrado no ano seguinte.
É reconhecida como de Utilidade Pública Municipal(Lei no 11.052/04) e
Estadual (Lei no. 14.721/05).
Seu Conselho Deliberativo é composto por 11membros, representantes de
diversos segmentos da sociedade.
Atua com 30 profissionais especializados, entre terapeutas (psiquiatras,
psicólogos, musicoterapeutas, pedagogos, fisioterapeutas, terapeutas
ocupacionais,
fonoaudiólogos,
assistentes
sociais),
educadores
brinquedistas, oficineiros e pessoaladministrativo, e adota como eixo
terapêutico o brincar e o fazer criativo, articulado à palavra.
Nos seus quatro anos de atividades a equipe interdisciplinar da Serpiá já
acolheu mais de 1.300 crianças e adolescentes, em mais de 6.000
atendimentos.
Em suas diretrizes prioriza três focos estratégicos: O atendimento e a
socialização de crianças em sofrimento psíquico, a prevenção (envolver, notratamento, as suas famílias e as escolas onde essas crianças estudam) e
geração de conhecimento inovador sobre saúde mental, com capacitação de
seus profissionais e formação de profissionais externos.
Tem capacidade para atender 150 crianças e adolescentes de zero a 18
anos, preferencialmente oriundas de famílias de baixa renda.
Os recursos para essas atividades são obtidos através captação dirigida...
tracking img