Vontades nesta idade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (399 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Eu sempre disse as coisas sem pensar, sem pensar no efeito que minhas palavras poderiam causar nas pessoas. Eu nunca havia pensado em mudar, até que conheci uma moça linda. Aquela menina era viva, sósabia brincar. Eu nunca quis magoá-la.
Nossas brigas se tornaram constantes. Eu juro que nunca quis machuca-la, mas aconteceu. Pior eram as palavras que ela dizia depois que eu dizia minhasbobagens. Eu preferiria um tapa na cara.
Até que ela foi paciente. Durante 10 meses ela chorou por minha causa. Ela sempre demonstrou ser forte, mas durante incontáveis noites eu a fiz chorar pelo telefone.Eu fui ciumento sem motivo algum, a ofendia sem perceber o peso de minhas palavras e, mesmo assim, tinha medo de perdê-la.
Certa noite, uma semana depois que eu havia pedido perdão por algo que achateou muito, a menosprezei novamente e ela pareceu ficar zangada comigo, mas, mesmo assim, não desligou o telefone. Acho que ela estava esperando um pedido de desculpas. Aliás, ela estava. Ela só disseque eu estava certo por ter dito aquilo – Sei que quando ela diz isso é porque não quer mais estender o assunto, mas mantive minha postura e pensamento. Depois de alguns minutos de silêncio,desligamos o telefone e cada um foi fazer o que deveria antes de dormir. Pensei bem e liguei para pedir desculpas por algo que eu não sei exatamente o motivo, na verdade, eu nunca sei. Mas ela não me atendeu.Mandei uma mensagem em seu celular com o pedido de desculpas e ela não me respondeu.
Conforme os minutos foram passando, fui ficando cada vez mais aflito e a enchi de mensagens em sua caixa deentrada do celular. Por que ela não me respondia??? Liguei mais umas 15 vezes e, depois de muito chamar, a ligação caía. Eu não quero que ela pare para pensar em nós, pois se ela colocar na balança aquantidade de vezes que a fiz chorar, eu poderei perdê-la.
Na ultima vez que fiz a coisa errada, ela pediu para que eu não insistisse para vê-la, mas eu fui à sua casa de madrugada. Foi triste, eu só...
tracking img