Viver melhor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais do SIES - Simpósio Internacional de Educação Sexual da UEM ISSN 2177-1111

CONDUTAS PEDAGÓGICAS SOBRE AS QUESTÕES DE GÊNERO NA ESCOLA Elizabeth Vieira dos Santos Esplendor1 Eliane Rose Maio Braga2
1

Secretaria de Estado da Educação do Paraná, Superintendência da Educação, Programa de Desenvolvimento Educacional-PDE, Universidade Estadual de Maringá. 2 Universidade Estadual de Maringá.1 INTRODUÇÃO

O presente trabalho visa a uma investigação sobre a construção social dos papéis masculinos e femininos na sociedade e a uma crítica às relações de poder que se estabelecem entre homens e mulheres, pois percebemos que tal diferença tem privilegiado os homens, na medida em que a sociedade ainda não tem oferecido as mesmas oportunidades de inserção social e exercício de cidadaniaa todos/as (PEREIRA, 2007). As instituições escolares fabricam os sujeitos que a freqüentam, ou seja, elas são produzidas por eles e pelas representações de gênero que nelas circulam. Assim,

nessas instituições pode haver a produção de diferenças e desigualdades desses indivíduos, e também a informação do que cada um pode ou não fazer e do lugar que meninos e meninas devam ocupar (LOURO,1997). Sendo assim a escola, juntamente com os seus/suas educadores/as, tem um grande papel na não-perpetuação da hierarquia de gênero. Poderá sondar, no trabalho que realiza com os/as educandos/as, que tipos de texto didático e de literatura estão sendo utilizados, que tipo de linguagem e imagens, que tipo de música, etc. Isso tudo deve ser verificado pelos/as educadores/as, pois, assim estarãopercebendo como a escola é perpassada pelos papéis de gênero, ou seja, pelas construções sociais e culturais de “masculino e feminino”. Ou, melhor dizendo, esse/a profissional deve identificar e analisar situações do cotidiano escolar sob perspectiva dessas diferenças de gênero, como: as brincadeiras na educação infantil; os jogos na aula de educação física; a formação de filas; a escolha dos livrosdidáticos; a escolha das profissões (PEREIRA, 2007). Nessas situações, poderá trabalhar para que diferenças de gênero não ocorram. “Por isso, cabe a eles/elas

Anais do SIES - Simpósio Internacional de Educação Sexual da UEM ISSN 2177-1111

estar atentos para não educarem meninos/as de maneiras tão distintas” (LOURO,1997). Se as identidades de gênero estão se construindo e se transformando, hánecessidade de esses/as profissionais terem um olhar social, crítico, a essas diferenças de gênero. Assim, o debate precisa se disseminar nos ambientes acadêmicos e educacionais, para que a inclusão da temática gênero seja efetivada de fato nos currículos escolares. Dessa forma, professores/as das diferentes disciplinas poderão lidar com o tema e com situações do cotidiano relacionadas a ele. Comesse procedimento, estaremos contribuindo para que a escola não seja um instrumento de preconceitos, mas de promoção e valorização das diversidades que enriquecem a sociedade brasileira. Por isso, a escola é o caminho mais consistente e promissor para um mundo sem intolerância, mais plural e democrático. Para o desenvolvimento deste trabalho educativo nos embasaremos nos conhecimentos sistematizadosa partir da realidade do/a aprendiz. Utilizando uma prática pedagógica que proponha uma interação entre conteúdo e a realidade concreta, visamos à transformação da sociedade através da “ação – compreensão ação” do sujeito, que enfoca os conteúdos como produção histórico-social de todos os homens (SAVIANI, 1995). Consideramos essa temática como um elemento cultural essencial, que precisa serassimilado pelos indivíduos da espécie humana, para que eles/as se tornem realmente humanos e, de outro lado e concomitantemente, visamos à descoberta das maneiras (procedimentos, conteúdos etc.) mais adequadas para atingir esse objetivo, que é o da transmissão-assimilação do saber sistematizado. Deve ocorrer um saber dosado e seqüenciado para efeitos de sua transmissãoassimilação no espaço escolar,...
tracking img