Viveiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3092 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte – 12 a 15 de setembro de 2004

Projeto Viveiro Florestal Universitário Área Temática de Meio Ambiente Resumo O atual modelo econômico do oeste catarinense associado a falta de políticas públicas condizentes e a pouca conscientização da população sobre as questões e problemáticas ambientais têm ocasionado uma reduçãodrástica das florestas nativas e uma elevada poluição dos mananciais de água por dejetos animais, especialmente, de suínos e aves. Objetivando a produção de mudas de espécies nativas e sensibilizar a comunidade regional sobre o valor ambiental, social e econômico das florestas nativas, bem como, integrar a comunidade da área de abrangência da Universidade, na construção de um processo viável derecuperação do meio ambiente, foi criado o Projeto Viveiro Florestal Universitário, o qual está vinculado ao Programa Permanente de Extensão em Espécies Vegetais e Preservação Ambiental. A metodologia utilizada foi a implantação de um viveiro com infra-estrutura para a produção média anual de 100.000 mudas nativas e sua disponibilização como uma unidade demonstrativa, visando a inclusão da sociedade naUniversidade, fazendo da ciência um saber comunitário e, assim, permitindo a operacionalização do conhecimento científico. Os resultados obtidos permitiram observar que ações na área ambiental, envolvendo a comunidade e sua realidade, são imprescindíveis, para que no futuro o desastroso quadro ambiental, atualmente presente, seja pelo menos, em parte, revertido. Autores Lúcia Salengue Sobral, Eng.Agr. Mestre em Tecnologia de Sementes Alencar Belotti, Eng. Agr. Técnico Ambiental Cassiano Mezzomo, Graduando Curso de Agronomia (Bolsista) Eduardo Gottardi, Graduando Curso de Agronomia (Bolsista) Edione Smaniotto, Graduando Curso de Agronomia (Bolsista) Instituição Universidade Comunitária Regional de Chapecó - UNOCHAPECO Palavras-chave: florestas nativas; educação;, desenvolvimento regionalIntrodução e objetivo A falta de conscientização ecológica na exploração dos recursos florestais tem acarretado prejuízos irreparáveis ao meio ambiente, alterando os ecossistemas e danificando a cadeia alimentar. Para Medeiros & Bianco (1992), a diversidade de seres vivos das florestas, responsável pelo equilíbrio ecológico, representa um inestimável potencial genético que não pode ser conscientementeignorado. Até porque, neles poderão ser encontradas soluções para vários problemas relacionados à saúde e alimentação da humanidade. Entretanto, de acordo com Ferretti et al. (2001), o componente ambiental jamais poderá estar dissociado do social e do econômico, ou seja, não haverá margens dos rios e nascentes protegidas por florestas, se as pessoas que vivem nestas áreas e suas necessidades nãoforem levadas em consideração. É preciso entender a relação do ser humano com o elemento arbóreo, recuperando o conhecimento florestal dos agricultores. A destruição e utilização irracional das florestas nativas começou com a chegada dos europeus em 1500. Nestes 500 anos, a relação dos colonizadores e seus sucessores com a

floresta e seus recursos foi a mais predatória possível. No entanto,foi no século XX que o desmatamento e a exploração madeireira atingiram níveis alarmantes. Das florestas primárias só foi valorizada a madeira, mesmo assim apenas de algumas poucas espécies. Nenhum valor era atribuído aos produtos não madeireiros e os serviços ambientais das florestas eram ignorados ou desconhecidos (Schaffer & Prochnow, 2002). Santa Catarina é um dos estados brasileiros queapresentou nas últimas décadas, acentuada redução na sua área florestal natural, sendo que conforme o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina (Informativo CREA, 2000), o estado que possuía 7,8 milhões de hectares de cobertura florestal original, em 1959 tinha apenas 2,9 milhões de hectares (30%); em 1990, 1,6 milhões (17,2%) e em 2000 esta área foi reduzida para...
tracking img