Viveiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1351 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Os Viveiros Florestais são áreas localizadas em um determinado local onde se aplicam técnicas visando obter o máximo da produção de mudas, ou seja, é um espaço onde se concentram as atividades de produção de mudas, manejo e proteção de mudas, até que estas atinjam idade e tamanho adequados para resistirem em condições reais de campo (GÓES, 2006).


Um bom viveiro devegarantir um ambiente adequado para o desenvolvimento vegetal, tais como: fornecimento de luz e água na medida certa, obtidos com a utilização de sistemas de irrigação e cobertura com telas apropriadas (os sombrites); eficiência no controle fitossanitário, propiciado por espaços adequados entre as plantas, que permitam o manuseio de equipamentos para a realização deste controle, além de substratos(solos) adequadamente esterilizados, que impeçam a disseminação de doenças e pragas (GÓES, 2006).


Na atividade de produção de mudas a estrutura e organização dos viveiros são extremamente importantes para obtenção de mudas de qualidade, produzindo plantas de espécies adequadas e em quantidade necessária à demanda, respeitando-se a época e o destino do plantio. Para isso é extremamenteimportante planejar corretamente as instalações do viveiro, ter conhecimento suficiente das técnicas para operacionalizá-lo e administrá-lo, além de obter excelente qualidade em sua produção e com menor custo possível (SCREMIN-DIAS, 2006).


No Estado de São Paulo, os viveiros devem ser cadastrados junto à Coodernadoria de Assistência Técnica Integral, da Secretaria de Estado de Agricultura eAbastecimento - CATI/SAA, e junto ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais – IBAMA, (MACEDO, 1993).

HIPÓTESE

A vida moderna afasta o ser humano cada vez mais da natureza, criando a necessidade de se levar plantas para mais próximo do seu convívio, nos lares, escritórios, jardins, praças públicas, áreas de lazer etc, promovendo-se, dessa forma, um sentimento de unidadeentre o ser humano e a natureza, mantendo uma relação íntima entre si. Esses fatores, aliados à produção de alimentos (frutos, raízes, folhas), sombra, flores e utensílios (madeira, papel, energia, etc.) promovem uma demanda cada vez maior de mudas de plantas arbóreas, (WENDLING, 2002).


OBJETIVO GERAL

O trabalho tem como objetivo geral buscar conhecimento e fundamentação teórica na áreade qualidade em viveiros, para melhor entendimento da área de estudos cientificos e florestais.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS


• Levantamento bibliográfico sobre a temática de estudo.
• Realizar estudo teórico e/ou bibliográfico sobre o objeto de estudo.
• Investigar a influência do método de qualidade em viveiros.



JUSTIFICATIVA

Escolher de forma adequada aárea para instalação do viveiro e dimensionar o viveiro de acordo com as suas necessidades, estimando o custo do viveiro a ser construído, viveiro de aramado ou um viveiro sombrite com sistema de irrigação elevado, e ter noções sobre a legislação de produção de mudas, (GÓES, 2006).


As atividades de produção de sementes e mudas deverão ser realizadas sob a supervisão e o acompanhamento doresponsável técnico, em todas as fases. O responsável técnico pela produção de sementes ou mudas é o Engenheiro Agrônomo ou Engenheiro Florestal, registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA, a quem compete a responsabilidade técnica pela produção, beneficiamento, reembalagem ou análise de sementes ou mudas em todas as suas fases, na sua respectiva área dehabilitação profissional. Em todas essas etapas o controle fitossanitário deve ser rigoroso; as atividades de manejo no viveiro devem ser cuidadosas, a atenção dispensada a todo o processo de produção deve ser efetiva. Qualquer problema apresentado durante o processo produtivo deve ser imediatamente solucionado para não comprometer a produção, a qualidade das mudas e, conseqüentemente, os rendimentos...
tracking img