Violencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (455 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
“No caso específico de crime sexual, as mulheres agredidas são rapidamente transformadas em rés. A mensagem dominante na sociedade e, com uma certa constância assimilada pelas/pelos policiais,reforça a idéia de que a violência sexual e, sobretudo, o estupro é crime em que a vítima deve provar que não é culpada, além do fato de ter que exibir marcas físicas e comprovar, portanto, que em nadacontribuiu para a o delito. Assim, grande parte das vezes, a mulher, mesmo ferida, humilhada, atemorizada, insegura e envergonhada acaba por arrastar interminavelmente a violência sofrida pelas unidadespoliciais, pelos serviços de saúde e pelo poder judiciário, como desaguadouros, agregando à sua dor outros tipos de desrespeito, vergonha e violência” (ALMEIDA, 2006).
Bunch (1991) chama a atenção paraa banalização desse fenômeno, registrando que “parte importante da população do planeta está rotineiramente sujeita a tortura, humilhação, mutilação, inclusive assassinato, simplesmente por sermulher – crimes que seriam reconhecidos como uma emergência civil ou política se fossem cometidos contra outro grupo humano. De fato, a ocorrência cotidiana desses atos tem o poder de ofuscar avisibilidade do problema e de descriminalizá-lo no imaginário social e até mesmo no imaginário das mulheres” (BARSTED, 2006).
Os crimes de violência de gênero diferem entre homens e mulheres. Grande parte dasmulheres sofrem violência dentro da própria casa. Já os homens sofrem mais violência fora do ambiente familiar.
Nos casos de homicídio de mulheres, os dados mostram que os companheiros são os autoresdos crimes entre 70 a 80% dos casos (VIOLÊNCIA, 2006).
Infelizmente a violência de gênero é uma triste realidade mundial. É preciso continuar bravamente a repudiar esse tipo de crime de ódio.Preconceito e desrespeito ao ser feminino ainda existe.
BARSTED (2006) afirma que um estudo estimou que, a cada 15 segundos, uma mulher é espancada por um homem no Brasil. Um terço das mulheres (33%)...
tracking img