Violencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1221 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL

Xxxxxxx xxxxxxxxxxx

VIOLÊNCIA

PARANAÍBA
2012
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VIOLÊNCIA: violência original,violência institucionalizada,violência social, violência política e violência revolucionária.

Trabalho Didático apresentado na disciplina de Metodologia Ciêntífica do professor Elson Luíz de Araujo naUniversidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, Unidade Universitária de Paranaíba com o objetivo de conhecimentos próprios.

PARANAÍBA
2012

A vocês....
Amigas eternas....
Companheiras inseparaveis....
Filhas queridas...
xxxx e xxx.

AGRADECIMENTOS

Agradeço a Deus pelo que conquistei ate agora, mas peço a Ele para me dar sabedoria para conquistar muito mais.
E quero agradecer,de coração, a vocês minhas irmãs Miriã, Mirsa e a minha tia Divina pelo incentivo e minha cunhada Rose que fazem parte da minha vida, da minha história...muito obrigada pelo seu carinho e amizade !
Em especial as minhas filhas, que mesmo pela minha ausência participam da minha conquista.
Ao meu querido esposo Walter .

Violência não se restringe aos atos físicos, ela vai muito alem, a maiorviolência esta presente na omissão dos mais poderosos quando em defesa dos mais fracos em seus direitos à moradia, liberdade, salários justos, saúde e educação.(IVAN TEORILANG)

SUMÁRIO

INTRODUÇAO
È de conhecimento geral que existem vários tipos de violência, seja ela qual for chocam as pessoas. Neste trabalho retrata desde a mais simples diferenças sociais ate o modo mais agressivo que vimoscom a violência revolucionária onde pessoas foram mortas por não aceitar a implantação de um regime comunista.

1.A VIOLÊNCIA ORIGINAL
A violência hoje esta presente em todos os lugares, já faz parte do cotidiano principalmente das pessoas que vivem em grandes cidades. Quando falamos em violência a primeira impressão e a agressão física, que atinge o ser humano em todos os sentidos da sua vida.E ela não esta somente nas favelas nas pessoas menos favorecidas mas também nos bairros de classe média e alta envolvendo a todos. Podemos observar nas arquiteturas das residências, onde antes eram projetadas como modelo de beleza hoje a preocupação é com a segurança e a proteção da família. Em contradição nas favelas e bairros pobres permite analisar os efeitos inesperados da violência queaumenta o sofrimento dos pobres e limita seu ir e vir, sua liberdade de expressão alem de tornar vulneráveis os jovens carentes a convivência com a violência faz parte do seu dia a dia como a única opção. Nos perguntamos se a violência de hoje se diferencia de alguns anos atrás e vimos que ela sempre esteve presente na sociedade. Em algumas sociedades a violência e aceita por conta de suastradições onde ninguém se importa com o sofrimento alheios acreditando nos seus valores mesmo desrespeitando o ser humano.

2. VIOLÊNCIA INSTITUCIONALIZADA
Nada do que vivemos hoje e diferente do que aconteceu anos atrás, apesar da fome, frio, misérias, doenças que mataram pessoas.Os homens continuam a aproveitar a vida e tirar dela tudo o que é necessário para viver bem. Eles encaram a situaçãocomo se fossem natural, essa diferença é de nível social, pois são educados a viver com essa injustiça e que o homem é incapaz de muda-la pois necessitam dessas diferenças para se organizar diante da sociedade.
A sociedade e injusta e desigual, hoje através dos meios de comunicação somos esclarecidos sobre a desigualdade social e temos a esperança de um dia mudarmos a realidade da pobreza e não nosconformarmos com ela. O homem é conscientizado dia após dia sobre o assunto e jamais lutar contra ela pois não acaba só muda de cara isso e o preço por viver em sociedade. Esse jeito de pensar institucionalizado so faz parecer natural sem diferença a riqueza e a pobreza e isso não tem nada de normal pois e so uma forma de esconder que a desigualdade vem de uma estrutura social mutável e...
tracking img