Violencia contra o idoso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
serviço social

ROSELI FERREIRA DA SILVA

VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

ROSELI FERREIRA DA SILVA

VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Serviço Social.Orientador: Prof.:

Palmas
2011

DEDICATÓRIA

Dedico este trabalho...
Dedico esse trabalho primeiramente a Deus e a minha família que sempre me deu força pra que eu terminasse o mesmo

AGRADECIMENTOS

- Agradeço em primeiro lugar a Deus que iluminou o meu caminho durante esta caminhada. Ao meu esposo e filhos, meu orientador, supervisora decampo e amigo de todas horas, que acompanhou nessa longa caminhada.

RESUMO

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

A violência doméstica não é um acontecimento muito novo, ela já vem sido debatida á anos. Mas, segundo Machado (2002), foi somente nas duas últimas décadas que a questão começou a despertar real mérito na comunidade científica.
No âmbito do estudo da violência doméstica,aquela perpetrada contra os idosos foi a última a despertar o interesse da comunidade científica e a ser considerada uma questão de saúde pública. No Brasil, principalmente a partir da década de 1980, as mortes por acidentes e por violências de qualquer natureza vêm aumentando proporcionalmente como causa de óbitos, inclusive entre os idosos (Drumond Jr, 1999).
De acordo com o art. 1.º Éinstituído o Estatuto do Idoso, destinado a regular os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos. (BRASIL, 2003)
Existem vários tipos de violência contra o idoso, são elas: estrutural, institucional e interpessoal, e são divididas em: maus-tratos físicos e psicológicos; abuso financeiro, material e sexual; negligência; abandono; auto-abandono ouautonegligência.

- OBJETIVOS
- OBJETIVO GERAL
- OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- JUSTIFICATIVA

O tema da violência atualmente ganha o cotidiano da vida dos indivíduos e grupos sociais, da mídia em geral e das relações entre Estado, sociedade e organizações sociais no mundo e no Brasil. Muitos estudiosos têm se debruçado a entender esse fenômeno social que não é novo, mas que ganhou intensidade,volume e amplitude,
sobretudo pós-décadas de crise e que têm o ápice nos finais dos anos 80 do século XX. A violência contra o idoso é uma das faces mais cruéis da questão da violência que permeia o tecido social e que ganha relevância social por ser esta população a que mais vem crescendo, nos últimos anos, em termos demográficos e por ser uma dos segmentos populacionais que mais necessitam decuidados físicos, materiais, psico-sociais, de saúde, de atenção e de respeito.
Mas onde encontrar as raízes da questão da violência? Que fatores são determinantes para o quadro de violência que se alastra em diferentes rincões deste país e em especial contra as pessoas idosas? A violência que grassa o cotidiano é síntese de dinâmicas e movimentos variados e complexos.
Mas,concorda-se com a idéia de que a violência de hoje, cada vez mais, “é uma forma de dilaceramento do ser social” (FRAGA, 2002, p. 47), sendo expressão de uma sociedade, ao mesmo tempo, civilizada e incivilizada, sociedade que desrespeita o ser humano, como ser genérico e social, numa magnitude sem precedente. É síntese representativa da questão social que assola o mundo e o país e que envolve a todos,mas especialmente os mais pobres, as mulheres, as crianças, a juventude e os idosos.
Para Cerqueira Filho (1982, p.21) a questão social diz respeito ao “conjunto de problemas políticos, sociais e econômicos que o surgimento da classe operária impôs no mundo no curso da constituição da sociedade capitalista”. Nessa visão, a questão social tem suas raízes nas relações que são produzidas e...
tracking img