Vigiar e punir - focault

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aí está, portanto, a nossa breve análise a respeito do Livro Vigiar e Punir. Não
nos detemos a minúcias, o que poderia redundar em um trabalho volumoso e que, a
primeira vista, suporia umtrabalho rico e completo. Entendemos que o transcrito no
trabalho reproduziu o essencial para a compreensão do tema, atendendo a sua natureza e
atingindo o seu fim.
O presente livro obedece aquatro regras gerais:
1 – não centrar o estudo dos mecanismos punitivos unicamente em seus efeitos
“repressivos”, só em seu aspecto de “sanção”, mas recoloca-lo na série completa dos efeitospositivos que eles podem induzir mesmo se à primeira vista são marginais.
Conseqüentemente, tomar a punição como uma função social complexa.
2 – Analisar os métodos punitivos não como simplesconseqüências de regras
de direito ou como indicadores de estruturas sociais; mas como técnicas que têm sua
especificidade no campo mais geral dos outros processos de poder. Adotar em relação aos
castigos aperspectiva da tática política.
3 – em lugar de tratar a história do direito penal e a das ciências humanas como
duas séries separadas cujo encontro teria sobre uma ou outra, ou sobre as duastalvez, um
efeito, digamos, perturbador ou útil, verificar se não há uma matriz comum e se as duas não
se originam de um processo de formação “epistemológico-jurídico”, em resumo, colocar atecnologia do poder no princípio tanto da humanização da penalidade quanto do
conhecimento do homem.
4 – verificar se esta entrada da alma no palco da justiça real, e com ela a
inserção na práticajudiciária de todo um saber “científico”, não é o efeito de uma
transformação na maneira como o próprio corpo é investido pelas relações de poder.
Em suma, tentar estudar a metamorfose dos métodospunitivos a partir de uma
tecnologia política do corpo onde se poderia ler uma história comum das relações de poder
e das relações de objeto. De maneira que, pela análise da suavidade penal como...
tracking img