Vida e obra de gustave coubert

Aluno:Emmanuel Messias
Professor(a):Mônica
Disciplina:Historia

Vida e Obra de Gustave Courbet


23 de maio de 2012
Gustave Courbet
(1819-77)

Nasceu na cidade de Ornans, na região doJura, França. O pai era proprietário de terras e o avô tinha sido republicano.Demonstrou total adesão ideológica e política ao movimento realista. Teve um papel importante na consolidação dadoutrina formulada através da criação de obras vigorosas, pois só ele correspondeu inteiramente às formulações teóricas.
Fez a sua Formação como autodidacta e foi muito influenciado pelos debates da CervejariaAndler.  A sua aprendizagem começou em várias oficinas livres em Paris e foi completada por estudos que efectuou a partir da observação e emulação de obras no Museu do Louvre (pintores espanhóis,holandeses e Franceses do século XVII) e por estadias em Barbizon.
Os temas que mais desenvolveu foram paisagens, retratos e auto-retratos.
ez os primeiros envios de obras ao Salon entre 1841 e 46.Tratava-se, essencialmente, de retratos de amigos ou da família. Foram todos recusados, à excepção de dois auto-retratos com laivos românticos. Mais tarde passou  a pintar várias alegorias sobre o Homem e apolítica.
O primeiro grande êxito no Salon foi com “Enterro em Ornans”, 1849. Esta obra reflecte preferência por quadros comdimensões grandes. O tema era considerado nobre uma vez que trata da morteatravés da representação digna de um funeral. Mas o aspecto inovador esteve na forma como o abordou, uma vez que o fez pelo lado banal: a morte não é representada com enfática emoção, à maneiraromântica, mas com a contenção própria de um facto quotidiano e banal, num interior calmo e íntimo.
Para o Salon 1850, pintou “Camponeses de Flagey Regressando da Feira”, cena rústica vigorosa, sem segundasinterpretações.
A obra “Britadores de Pedra”, na altura pouco notado, foi posteriormente considerado um manifesto socialista, quando a sua intenção original seria representar, afinal, apenas um...