Viagens na minha terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SÍMBOLOS E IMAGENS EM VIAGENS NA MINHA TERRA

Abigail dos Santos Fonsêca

 

















“A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o viajante se sentou na areia da praia e disse: “Não há mais que ver”, sabia que não era assim. O fim duma viagem é apenas o começo doutra. Épreciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite, com Sol onde primeiramente a chuva caía, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava. É preciso voltar aos passos que foram dados, para os repetir. E para traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar aviagem. Sempre. O viajante volta já.”
José Saramago
















SÍMBOLOS E IMAGENS EM VIAGENS NA MINHA TERRA



Viagens na Minha Terra é uma obra que relata uma viagem feita por Almeida Garrett, seguindo o percurso de Lisboa a Santarém. é ao mesmo tempo verdadeira e simbólica, como afirma o próprio autor.Verdadeira porque de fato a viagem foi realizada em 1843 a mando do político Passos de Manuel. É simbólica, pois vai fazer uso da ficção como meio de representar as manifestações ocorridas em Portugal no século XIX.


Trata-se de uma obra muito especial, considerada por muitos críticos, a mais importante prosa literária em Portugal, através desse livro Garrett procura denunciar o malogro do Liberalismoe o triunfo do Materialismo.

Pode-se afirmar que a obra apresenta um caráter híbrido, visto que a narrativa manifesta características de relato jornalístico, leitura de viagens, novela sentimental, memória autobiográfica, ensaio sociológico-político, diário íntimo, prosa de ficção.

O autor procura descrever com muita maestria a viagem sob diversos aspectos: geográfico, cultural, histórico epolítico.

Em Viagens na Minha Terra Garrett procura estabelecer uma conexão entre passado, presente e futuro, utilizando-se das memórias e das imagens. Estas vão ser corporificadas através de seus personagens principais: Carlos, Frei Dinis, Joaninha, D. Francisca e Georgina. Cada um deles, configurando um aspecto-símbolo da história de Portugal.

O século XX foi um período difícil paraPortugal uma vez que evidencia a crise de identidade portuguesa, resultado dos vários acontecimentos como a Guerra Civil, a Restauração, o combate entre absolutistas e liberalistas.


Imagens e Símbolos


O presente trabalho busca analisar as imagens, os símbolos e suas representações através dos personagens, revelando suas identidades, relacionando-os aos fatos ocorridos na história da naçãoportuguesa.

As imagens, os símbolos ao longo da história têm exercido um papel fundamental na vida do homem, haja vista que lhe possibilita expressar-se de forma racional ou através do inconsciente tais imagens. “O símbolo revela certos aspectos da realidade — os mais profundos que ficou na memória que desafiam qualquer outro meio de conhecimento.” (ELIADE, 1996)

A obra em questão écarregada de símbolos e imagens em que o autor utiliza-as de forma singular a fim de reconstituir a história de Portugal. Além de enriquecerem estilisticamente a narrativa, o uso de tais elementos reflete a notabilidade de criação artística inovadora típica do estilo garrettiano, evidenciada na forma de articular as palavras, renovando a língua e lançando as bases para o português literário,relacionando e ao mesmo tempo em que rememora entidades e fatos literários, políticos, históricos e culturais.


“... as imagens são, por suas próprias estruturas multivalentes. Se o espírito utiliza as Imagens para captar a realidade profunda das coisas, é exatamente porque essa realidade se manifesta de maneira contraditória, e conseqüentemente não poderia ser expressada por conceitos.”...
tracking img