Vacina triplice viral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3165 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. HISTÓRICO

A vacina Tríplice Viral resulta da combinação de vírus vivos atenuados de sarampo, caxumba e rubéola. Somente após a década de 60 tornou-se possível o seu uso.
A primeira vacina a ser desenvolvida e comercializada foi a do sarampo. Nesta década, 4 cepas da vacina do sarampo, foram licenciadas: Edmonston A,Schwarz, Moraten eEdmonston-Zagreb.
Em 1969 foram licenciadas trêsvacinas com vírus atenuados para rubéola. Hoje em dia a cepa mais largamente usada no mundo é a Wistar RA 27/3.
Nos últimos 25 anos, diversas cepas de vírus atenuados foram desenvolvidas e combinadas em apresentações trivalentes virais.
No Brasil, a vacina tríplice viral contra sarampo-caxumba-rubéola (MMR) foi usada em larga escala pela primeira vez no ano de 1992, no Estado de São Paulo, comrecursos próprios daquele estado. Desde então, foi sido utilizada em diferentes estados com estratégias de campanhas similares. Em 1995 foi implantada no Espírito Santo e no Paraná; em 1996 a vacina tríplice viral foi implantada em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Em 1997, concomitantemente ao aumento da ocorrência de casos de sarampo em várias cidades brasileiras, uma campanha devacinação tríplice viral foi realizada nos estados da Bahia, Rio Grande do Sul, Ceará e Piauí, sendo utilizados três produtos correspondendo a duas diferentes cepas vacinais para o vírus da caxumba: Urabe AM-9 e Leningrado-Zagreb. Já nos anos de 1998 a vacina começa a ser implantada nos estados do Rio Grande do Norte,Paraíba,Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Neste mesmo ano estudos sobre eventos adversosassociados ao uso da vacina tríplice viral, contendo cepa Leningrado-Zagreb, no Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, durante a campanha de implantação da vacina.
Somente em 1999 a vacina tríplice viral passa a integrar a lista de imunobiológicos oferecidos nos estados do Maranhão, Goiás e Sergipe.
O Programa Nacional de Imunização é um programa do Ministério da saúde do Brasil, criado em setembrode 1973 e institucionalizado pelo decreto nº 78.231 de 12 de agosto de 1976, com o objetivo de promover o controle das doenças preveníveis por imunização, estabelecendo normas e parâmetros técnicos para a utilização de imunobiológicos para estados e municípios. O PNI também tem as funções de coordenação e supervisão da utilização dos imunobiológicos, e ainda participação na produção dosimunobiológicos produzidos no país.
Antes da criação do PNI, os imunobiológicos eram utilizados apenas para o controle de doenças específicas como a febre amarela ou a varíola, mas após sua implantação, a vacinação foi incorporada na rotina dos serviços de saúde, e o número de doenças contempladas com essa medida de prevenção foi ampliado,
A vacina tríplice viral era a única das 12 vacinas incluídas noPrograma Nacional de Imunizações (PNI) que ainda era importada.
O Ministério da Saúde começou a importar a tríplice viral de laboratórios estrangeiros em 2001. Entretanto, ela gerava efeitos colaterais indesejáveis, como febre alta, pois a cepa utilizada na produção da vacina contra caxumba provocava mais reações adversas que outras disponíveis no mercado por preço mais alto.
Para atender aopedido do Ministério da Saúde, que solicitou a fabricação de uma vacina com efeitos colaterais mais leves, foram procuradas cepas mais adequadas, chegando-se à Glaxo Smith Kline.
A partir de 2004 foi iniciada a assimilação da tecnologia e a produção da vacina e, atualmente, Bio-Manguinhos já produz a vacina a partir de concentrados virais importados. De acordo com a Fiocruz, o processo detransferência durou cinco anos, quando a vacina foi totalmente produzida no Brasil.
A vacina sarampo, caxumba e rubéola atende aos requisitos da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a fabricação de substâncias biológicas. Os ingredientes ativos da vacina trivalente são os vírus vivos atenuados do sarampo (cepa Schwarz), da rubéola (cepa Wistar RA27/3) e da caxumba (cepa RIT 4385 derivada da cepa...
tracking img