Universidade publica - marilena chaui

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituição e Organização Social
A instituição social aspira à universidade. A organização sabe que sua eficácia e seu sucesso dependem da sua particularidade. Isso significa que a instituição tem a sociedade como seu princípio e sua referência normativa e valorativa, enquanto a organização tem a si mesma como referência, num processo de competição com outras que fixaram os mesmos objetivosparticulares. Em outras palavras, a instituição se percebe inserida na divisão social e política e busca definir uma universalidade (imaginária ou desejável) que lhe permita responder às contradições impostas pela divisão. Ao contrário, a organização pretende gerir seu espaço e tempo particulares aceitando como dado bruto sua inserção num dos polos da divisão social, e seu alvo não é responder acontradições e sim vencer a competição com seus supostos iguais.
Depois da Revolução Francesa, a universidade concebe-se a si mesma como uma instituição republicana e, portanto, pública e laica. A partir das revoluções sociais do séc. XX e com as lutas sociais e políticas desencadeadas a partir delas a educação e a cultura passara a ser concebidas como constitutivas da cidadania e, portanto, comodireitos dos cidadãos, fazendo com que, além da vocação republicana, a universidade se tornasse também uma instituição social inseparável da ideia de democracia e de democratização do saber: seja para realizar essa ideia, seja para opor-se a ela, no correr do séc. XX a instituição universitária não pôde furtar-se à referência à democracia como ideia reguladora. Por outro lado, a contradição entreo ideal democrático de igualdade e realidade social da divisão e luta de classes, obrigou a universidade a tomar posição diante do ideal socialista.
A universidade como instituição social diferenciada e autônoma só é possível em um Estado republicano e democrático.
A reforma realizada pelo Estado classificou a universidade como uma organização social, sendo colocada não mais como uma obrigaçãodo Estado, junto com a educação, a saúde e a cultura também foram colocadas como segundo plano.
A visão organizacional da universidade produziu aquilo, que segundo Freitag, podemos denominar como universidade operacional. Regida por contratos de gestão, avaliada os índices de produtividade, calculada para ser flexível, a universidade operacional está estruturada por estratégias e programas deeficácia organizacional e, portanto, pela particularidade e instabilidade dos meios e dos objetivos. Definida e estruturada por normas e padrões inteiramente alheios ao conhecimento e à formação intelectual, está pulverizada em micro-organizações que ocupam seus docentes e curvam seus estudantes a exigências exteriores ao trabalho intelectual. A heterônoma da universidade autônoma é visível a olhonu: o aumento insano de horas-aula, a diminuição do tempo para mestrados e doutorados, a avaliação pela quantidade de publicações, colóquios e congressos, a multiplicação de comissões e relatórios etc.
A pesquisa segue o padrão organizacional. Numa organização, uma “pesquisa” é uma estratégia de intervenção e de controle de meios ou instrumentos para a consecução de um objetivo delimitado.
Osurvey recorta a realidade de maneira a focalizar apenas o aspecto sobre o qual está destinada a intervenção imediata e eficaz, operando por meio da fragmentação. Numa organização, portanto uma pesquisa não é o conhecimento de alguma coisa, mas posse de instrumentos para intervir e controlar alguma coisa. Por isso mesmo, numa organização não há tempo para reflexão, a crítica, o exame deconhecimentos instituídos, sua mudança ou sua superação.
Reduzida a uma organização, a universidade abandona a formação e a pesquisa para lançar-se na fragmentação competitiva. Mas por que ela o faz¿ Porque está privatizada e a maior parte de suas pesquisas é determinada pelas exigências de mercado, impostas pelos financiadores. Isso significa que a universidade publica produz um conhecimento destinado à...
tracking img