Um resumo de “vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo”, de joão carlos martins: uma rica reflexão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1523 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
























































































agradecimentos

A MINHA MÃE QUE ATRAVÉS DE SEU INCENTIVO E APOIO ME CONDUZ AO APRENDIZADO DOS MECANISMOS PEDAGÓGICOS; E A DEUS, QUE ME DESVENDOU A OPORTUNIDADE DE TORNAR-ME UM INSTRUMENTO DA EDUCAÇÃODE MIM MESMA E DO OUTRO.































EMIDIO, Eliane da Silveira Emidio. Um Resumo de “Vygotsky e o Papel das Interações Sociais na Sala de Aula: Reconhecer e Desvendar o Mundo”, de João Carlos Martins - Uma rica reflexão. 2012. Trabalho de Conclusão de Semestre do Curso de Pedagogia, pelo sistema de Ensino à Distância – Centro Avançado de Formação,Universidade Norte do Paraná, Ubá, Minas Gerais, 2012.


RESUMO

A ATIVIDADE PROPOSTA VISA DESENVOLVER O PEDAGOGO EM FORMAÇÃO, ESTIMULANDO SUAS HABILIDADES LINGUÍSTICAS ATRAVÉS DO RESUMO DO TEXTO “VYGOTSKY E O PAPEL DAS INTERAÇÕES SOCIAIS NA SALA DE AULA: RECONHECER E DESVENDAR O MUNDO”, DE AUTORIA DO PEDAGOGO JOÃO CARLOS MARTINS. O TEXTO É UMA RICA REFLEXÃO SOBRE A TEORIASOCIOINTERACIONISTA DE VYGOTSKY E SUA APLICABILIDADE EM SALA DE AULA


Palavras-chave: Vygotsky. Teoria sociointeracionista. Interação social. Construção. Conhecimento.




SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.......................................................................................................... . 08

2 As interações sociais da criança na construção do saber científico .............09

3Reconhecendo-se e desvendando-se como pedagogo ..................................11

REFERÊNCIAS..........................................................................................................12

INTRODUÇÃO

Doutorando da Pontifícia Universidade Católica – PUC/SP, o autor João Carlos Martins, em “Vygostky e o Papel das Interações Sociais na Sala de Aula: Reconhecer eDesvendar o Mundo”, nos remete à prática pedagógica vygostkiana e suas abordagens como instrumento hábil à formação dos alunos em cidadãos que pensem e atuem por si mesmos, livres das engendradas imposições de ideias, capacitando-os a examina-las criticamente.
Neste processo, o Autor assevera ser a escola o primeiro cenário onde o movimento de compreensão do mundo se organiza de formalógica, onde a internalização das funções mentais garantem ao individuo a possibilidade de pensar por si só. Enquanto promotora do conhecimento, é de sua importância para ele a ação de investigação e discussão do processo de elaboração de ideias, focando na necessidade primeira de preparar o professor para atuar como mediador nas interações entre sujeitos e objetos(mundo).
Rompendo com aescola mais tradicional, João Carlos defende a psicologia sócio histórica, e, dentro dela, as práticas sociointeracionistas como colaboradora eficaz para refletir sobre o descompasso entre a globalização de informações e instrumentação tecnológica atual e o alto índice de reprovações nos bancos escolares.
Remete-nos, então, à origem social do homem, já que este constrói a sua históriasó e exclusivamente com a participação do outro na apropriação do patrimônio cultural da humanidade.
Assim, para o Autor, o indivíduo transforma-se de criança em adulto processando internamente, por meio de seu livre-arbítrio, as diversas visões de mundo com as quais convive.

as interações sociais da criança na construção do saber científico

Segundo João CarlosMartins, na teoria sociointeracionista de Vygotsky a criança reconstrói internamente uma atividade externa, como resultado de processos interativos que se dão ao longo do tempo; ou seja, tudo que está no sujeito existe antes no social e quando apreendido e modificado pelo sujeito é devolvido para a sociedade.
Neste processo de internalização a linguagem é o principal instrumento de...
tracking img