Um estudo sobre o caso banco panamericano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1022 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO SOBRE O CASO DO BANCO PANAMERICANO













































INTRODUÇÃO


Este presente estudo foi elaborado por meio de uma proposta interdisciplinar. A partir daí temos a oportunidade de entender como as disciplinas aqui estudadas, se interagem com o que ocorre no mundo.
O estudo proposto, foi o casodo Banco PanAmericano, que segundo o Banco Central (BC), havia duplicidade de carteiras de créditos nos balanços, ou seja, vendia carteiras de crédito para outras instituições, mas continuava contabilizando esses recursos.
Nesta atividade analisaremos quem são os prováveis culpados e quem assumirá a culpa, mesclando essas informações com os conhecimentos previamente adquiridos nasdisciplinas estudadas.










































Direito Empresarial
Em 21 de fevereiro de 1.969, o Grupo Silvio Santos assumiu o controle acionário da Real Sul S/A – Crédito, Financiamento e Investimento, uma empresa que atuava no mercado desde 1.963, e mudou a razão social para Baú Financeira S/A – Crédito, Financiamento e Investimento. Em 1.990,autorizado para atuar como banco múltiplo, iniciou operação com carteiras comerciais e crédito, financiamento e investimento, passando a ser denominado Banco PanAmericano S/A. Uma empresa S/A, é uma sociedade anônima, ou seja, é uma sociedade em que o capital é dividido em ações, limitando-se a responsabilidade dos sócios ao preço de emissão das ações subscritas ou adquiridas. A responsabilidadedos sócios é limitada apenas ao preço de emissão das ações subscritas, não respondendo, assim, os mesmos perante terceiros, pelas obrigações assumidas pela sociedade.
Partindo dessa visão, e baseando no escandaloso rombo contábil do PanAmericano, para resgatar o banco, a holding que controla o Panamericano, a SS Participações (Grupo Silvio Santos), fez uma emissão privada de debêntures de R$ 2,5bilhões, com prazo de dez anos e carência de três anos, assumindo assim toda a responsabilidade financeira do caso.
O empresário Silvio Santos, que desde a descoberta das irregularidades, passou a negociar pessoalmente com o Banco Central e com a direção do Fundo Garantidor de Crédito, colocou todo seu complexo empresarial como garantia do empréstimo de R$ 2,5 bilhões concedido ao BancoPanamericano, do Grupo Silvio Santos, pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). A garantia inclui o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), a empresa de cosméticos Jequiti, a Liderança Capitalização, as lojas do Baú da Felicidade e o próprio Banco Panamericano. As garantias somavam R$ 2,7 bilhões.
No entanto em janeiro de 2011, Silvio Santos vendeu o banco ao BTG Pactual, que confirmou ter acertado a comprada fatia do apresentador na instituição. "Vendi o banco, claro. Não podia deixar de vender o banco. Porque o meu banco não deu prejuízo pra ninguém. O meu banco teve um bom comportamento. Talvez tivesse sido mal administrado, e essa má administração provocou aquilo que todos vocês conhecem", afirmou ele aos jornalistas. "Não ganhei nada, não perdi nada. Agora eu estou livre. A televisão (SBT) quevocês queriam comprar, ou que alguém queria comprar, não está mais à venda. A Jequiti não está mais à venda. As Lojas do Baú não estão mais à venda. A única coisa que foi vendida foi o banco”, disse ele .

Administração Contemporânea
Em termos gerais, a função de recursos humanos (RH) consiste em encontrar, atrair e manter as pessoas necessárias para o bom andamento da organização. O sucessode uma empresa depende da analise de critérios bem definidos em relação ao processo de identificação, seleção e desenvolvimento dos recursos humanos e dos gestores envolvidos. Um empresário não precisa conhecer o ramo de seu negócio, se tiver à disposição uma equipe qualificada e bem treinada para executar as funções. É impossível imaginar que o presidente de uma Holding, que engloba diferentes...
tracking img