Tudo sobre a argentina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2074 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Dados Básicos

País:
- Argentina
Capital:
- Buenos Aires (Cidade mais Populosa)
Principais Cidades:
-Buenos Aires, Córdoba, Rosário, Santa Fé e Mendonza.
Localização:
- Sul da América do Sul
Presidente:
- Cristina F. de Kirchner
Vice-Presidente:
- Amado Boudou e (Vice-Presidente do Senado)
População:
- Estimada 2012 41.281.631 Habitantes
-Censo 2010 40.117.096 Habitantes
Moeda:
- Peso Argentino
Religião:
- Católica Romana 92%, Protestantes 2%, Judeus 2% e outras 4%.
Lígua Oficial:
- Espanhol

Cristina F. Kirchner
Dados Específicos

Bandeira:
A bandeira da Argentina foi adotada em 27 de Fevereiro de 1812.
Cores:
As cores presentes na bandeira são, Azul-Celeste, Branco, Ouro eMarrom.
Dados e Informações sobre a bandeira da Argentina:
A bandeira da Argentina é um dos símbolos oficiais da República Argentina. O símbolo é conhecido como "Celeste", devido a cor azul de "um céu durante o dia nos ângulos normais de visada".
Desenhos: Seu desenho consiste em um retângulo de proporção largura-comprimento de 9:14 dividida horizontalmente em três faixas de mesma largura nas coresazul-celeste com uma lista branca a separá-las. Na lista central encontra-se o Sol de Maio, com 32 raios, sendo 16 ondulantes e 16 acrobáticas na cor dourada com detalhes em marrom. Segundo a tradição, a ideia de se colocar o Sol de Maio deve-se ao olhar que o General Belgrano dirigiu ao céu antes da Batalha do Paraná. O emblema solar é um ícone importante na Argentina e apareceu em anterioresversões da bandeira. Sol Incaico
História
Registros arqueológicos provam à presença dos primeiros habitantes na região da Argentina há aproximadamente 13 mil anos. Segundo estudos, esses habitantes eram nômades.
Os espanhóis se estabeleceram e começaram a colonizar a região da Argentina em 1516, quando o navegador espanhol Juan Diaz de Sólis, navegando pelo Rio da Prata, tornou oficial aconquista do território. Até então, a região dos pampas era habitada por nações indígenas e a região norte era parte do Império Inca. A capital, Buenos Aires, foi fundada em 1534.
Ainda no século XVI é iniciada a exploração da prata na região. No século XVII os espanhóis passam a utilizar a mão de obra indígena para a exploração da prata. Aos poucos os povos indígenas foram sendo conquistados e dizimadospelos espanhóis. Os índios guaranis argentinos foram catequizados pelas missões jesuíticas nesse mesmo período. A Companhia de Jesus foi expulsa da Argentina em 1767.
Enquanto colônia, a Argentina se envolveu em dois conflitos. Em 1776, espanhóis e índios guaranis argentinos iniciaram uma luta para expulsar os portugueses da região do Rio da Prata, e em 1806 a Argentina resistiu a invasãoinglesa.
Em 9 de julho de 1816 a Argentina se tornou independente. Devido à exigência de autonomia provincial feita pelos federalistas do interior, e da oposição a essa autonomia dos unitaristas de Buenos Aires, após a Independência iniciou-se a guerra civil. Somente em 1853 os unitaristas conseguiram promulgar a Primeira Constituição da Argentina. Em 1865, a Argentina forma com o Brasil e o Uruguai atríplice aliança, para lutar contra as forças paraguaias. A Guerra do Paraguai foi vencida pela tríplice aliança em 1879.
Do fim do século XIX até as primeiras décadas do século XX, foi o período de grande imigração dos europeus para a Argentina, sobretudo dos italianos. O inicio do século foi marcado também pelos Governos Radicais, que debilitaram a democracia e a economia, que sofreu sucessivascrises.
A partir de 1946 a Argentina passa a ser governado pelo presidente populista Juan Domingos Perón, em um período de ouro para o povo argentino. Em 1955 Péron foi deposto e exilado por um golpe militar, sendo que retornou a Argentina e ao poder em 1973, governando por um breve período até a sua morte. Tão carismática quanto Perón, sua esposa Isabelita Perón assumiu seu lugar, mas foi...
tracking img