Treinamento para pqdt

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Business-to-Employee (B2E): um mercado
(ainda) oculto
Depois do B2C e do B2B, vem aí o B2E, isto é, o Business-to-Employee.
Rui Alves, correspondente RH da JanelanaWeb, fala dos primeiros passos
dos novos modelos de negócio online direccionados para a comunidade
dos recursos humanos das organizações, baseados no e-recruitment
e do e-learning. Não obstante o seu grande potencial, o deficienteacesso
aos meios de comunicação informática está a bloquear este salto
de desenvolvimento organizacional.
O mundo da Web está a mudar a face dos negócios. Nivelando o acesso à infra-estrutura de informação, a Internet e as Intranets fornecem poder aos colaboradores, influenciam a comunicação e a colaboração, aceleram a disseminação e o acesso à informação, com repercussão directa nos custos eimediato retorno do investimento.
Simultaneamente, aprender a criar soluções enriquecedoras e flexíveis permanece como um desafio central no desenvolvimento da rede global de comunicação. À medida que esta ganha uma visibilidade omnipresente no novo mundo dos negócios e transforma radicalmente os contornos da economia global, um maior número de organizações encontra um valor efectivo no desenvolvimentode negócios onde os recursos humanos das organizações intervenham directamente.
Actualmente, o que a Internet faz pelos indivíduos e pelas organizações - globalmente expandindo o tipo de informação e transacções online - a Intranet faz pelos colaboradores e empresas, fornecendo acesso directo na visualização e manipulação da informação.
Enquanto muitos analistas focalizam o seu interesse noBusiness-to-Business (B2B) e no Business-to-Consumer (B2C) - como os dois principais vectores do comércio online - as Intranets apresentam oportunidades e vantagens suficientes para ser, por si só, canais de negócios viáveis. Mas esta não é a realidade portuguesa, onde o próprio B2B dá ainda os primeiros passos, associado à conjugação de interesses económicos de grandes grupos empresariais, numprocesso de selecção natural das entidades que melhores serviços prestarem neste domínio. No que respeita ao Business-to-Employee (B2E), aparecem no nosso país - se bem que de forma embrionária - as primeiras representações do que poderá ser entendido como novos modelos de negócio online, directamente direccionados para uma grande comunidade: a dos recursos humanos das organizações nacionais. Falo, emconcreto, dos negócios de e-recruitment e de - ainda mais escassos - e-learning. Mas tal não é de estranhar num país onde o acesso aos novos meios de comunicação informática, comparável aos restantes países da União Europeia, é ainda tão pouco significativo e deficientemente incrementado.
Defendamos, no entanto, um atitude pró-activa quanto ao futuro das TIC em Portugal, especialmente quanto àpenetração das tecnologias e ferramentas da Nova Economia nas organizações que possuímos. Neste cenário, uma razão central para se iniciar um canal Business-to-Employee (B2E) reside na possibilidade de se fornecer valor aos colaboradores, valorizar talentos e competências e desenvolver recursos de conhecimento que representem factores de competitividade estratégica das nossas empresas.
As soluçõesde Employee Services
O impacto das tecnologias de informação ganha uma importância crescente na gestão de recursos humanos. Cada vez mais, esta função da gestão vê-se perante a necessidade de gerar maior valor às organizações, desenvolvendo novos serviços e reduzindo custos. Mas como pode esta necessária concentração em iniciativas que dêem suporte às actividades de uma gestão efectiva das pessoas- através das tecnologias de informação e comunicação que favoreçam o desenvolvimento de novas competências - pode ser garantida?
Uma resposta a isto pode ser fornecida pelas organizações que começam a equacionar a implementação de soluções de Employee Services - sistemas automatizados self-service para gestores e colaboradores, possibilitados pela utilização de ferramentas web friendly.
Uma...
tracking img