Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Artigo Científico

Implantação de pomar de maracujá e mamão consorciados sob irrigação por gotejamento para comercialização no Distrito Federal

Planaltina
Distrito Federal
Junho de 2005

www.upis.br
Artigo Científico

Implantação de pomar de maracujá e mamão consorciados sob irrigação por gotejamento para comercialização no Distrito Federal

Thales Eduardo de Godoy MaiaPlanaltina
Distrito Federal
Junho de 2005

UPIS - Faculdades Integradas
Departamento de Agronomia
Rodovia BR 020 km 12
DF 335 km 4.8
Planaltina – DF
Endereço de Correspondência:
SEP/Sul Eq. 712/912 Conjunto A
CEP: 70390-125 Brasília (DF) Brasil
Fone/Fax: (0xx61) 488-9909
www.upis.br
agronomia@upis.br
Supervisores: Profa. Dra. Janine Tavares Camargo
Prof. Ms. Adilson Jaime de OliveiraOrientador: Prof. Dra. Janine Tavares Camargo
Coorientador: Prof. Ms. Adilson Jaime de Oliveira
Revisor:
Membros da Banca:
Prof. . Dra. Janine Tavares Camargo
Prof. . Ms. Remidijo Tomazini Neto
Prof. Ms. Lea Cardoso Vaz

DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA

Análise do custo de produção e lucratividade do pomar de mamão e maracujá consorciado, cultivado no município do Gama-DF.
Thales Eduardo deGodoy Maia1; Janine Tavares Camargo²
RESUMO
O presente trabalho teve como finalidade analisar economicamente um projeto de pomar irrigado maracujá e mamão consorciados no município
do Gama no estado do Distrito Federal através da análise das medidas de resultado econômico e dos indicadores de análises de investimento e testar a
estabilidade do projeto, através da análise de sensibilidade dosresultados obtidos, frente às oscilações de preços do produto, insumos e da taxa de juros
de mercado.Com base nos resultados obtidos podemos afirmar que o projeto é totalmente viável e os recursos gerados cobrem todos os custos
envolvidos no processo produtivo. Quanto à sensibilidade do projeto, este se apresenta com satisfatória estabilidade frente às oscilações dos preços do
produto e dosinsumos, como também da taxa de juros.Apesar do excelente desempenho econômico desta nova modalidade, questões como
disponibilidade de mão-de-obra local, adaptação das instalações a realidade de cada produtor, capacidade gerencial do empresário e assistência técnica
qualificada na elaboração e operação do projeto são pré-requisitos fundamentais para o sucesso do empreendimento.
PALAVRA-CHAVE:maracujá e mamão, consorcio, custos, lucratividade.

1

Aluno de Graduação de Agronomia – UPIS. E-mail : tegm@uol.com.br.
² Professora Dra. do Departamento de Agronomia da UPIS.

5
1. INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA
No cenário mundial, o Brasil é o maior produtor de maracujá e de mamão, apresentando a região sudeste a maior produção (Embrapa
Mandioca e Fruticultura, 2005).
Tabela – 1 QuantidadeProduzida (toneladas)Brasil
Lavoura
Ano
1999
2000
2001
2002
2003
Mamão 783.178 846.889 1.489.324 1.597.696 1.714.594
Maracujá 212.952 221.025 467.464 478.652 485.342
Fonte: IBGE – Produção Agrícola (2005)

Tabela - 2 Valor da Produção (mil reais) Brasil
Lavoura
Ano
1999
2000
2001
2002
2003
Mamão
229.919 258.735 409.835 502.192 575.756
Maracujá 171.804 194.537 141.289 219.928227.591
Fonte: IBGE – Produção Agrícola (2005)

O fruto do maracujázeiro ainda é pouco conhecido no exterior e certamente campanhas de marketing podem promover a difusão desta cultura
junto aos principais países compradores, Inglaterra, França e Bélgica, podendo haver a conquista de novos mercados. Os países exportadores de frutos
in natura de maracujá roxo são Quênia, Zimbábue, África doSul e Burundi,, e de maracujá amarelo são Colômbia, Brasil e Venezuela.
O suco, por sua vez, é muito utilizado, principalmente em bebidas misturadas com suco de frutas, mas é um mercado instável. Os países que
exportam suco e polpa, além do Brasil, são Equador, Colômbia e Peru, sendo importadores Alemanha e Holanda, este como o porto de entrada do
produto para outros países. Por ser o mais...
tracking img