Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 84 (20995 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Prof. Carlos – UNIBAN
Prof. Cícero JoséModesto

1

CAPÍTULO I - Revisão
ARREDONDAMENTO DE DADOS:
De acordo com a resolução 886/66 da Fundação IBGE, o arredondamento de dados é feito da
seguinte maneira:
a) Quando o primeiro algarismo a ser abandonado é 0, 1, 2, 3 ou 4, fica inalterado o último algarismo a
permanecer.
Ex.: 53,24 passa a 53,2
b) Quando o primeiro algarismo a serabandonado é 6, 7, 8 ou 9, aumenta-se de uma unidade o
algarismo a permanecer.
Ex.: 42,87 passa a 42,9
25,08 passa a 25,1
53,99 passa a 54,0
c) Quando o primeiro algarismo a ser abandonado é 5, há duas soluções:
I) Se o 5 seguir em qualquer casa um algarismo diferente de zero, aumenta-se uma unidade ao
algarismo a permanecer.
Ex.: 2,352 passa a 2,4
25, 6501 passa a 25,7
76, 250002 passa a 76,3II) Se o 5 for o último algarismo ou se o 5 só se seguirem zeros, o último algarismo a ser conservado
só será aumentado de uma unidade se for ímpar.
Ex.: 24,75 passa a 24,8
24,65 passa a 24,6
24,75000 passa a 24,8
24,65000 passa a 24,6
NOTA:
Não devemos nunca fazer arredondamentos sucessivos.
Ex.: 17,3452 passa a 17,3 e não para 17,35 , para 17,4.
Se tivermos necessidade de um novoarredondamento, fica recomendada a volta aos dados originais.
Exercícios
1) Arredonde cada um dos numerais abaixo, conforme a precisão pedida:
Para o décimo:
a) 23,40
d) 48,850002
g) 120,4500
b) 234,7832
e) 78,85
h) 129,98
c) 45,09
f) 12,35
i) 199,97
Para o centésimo:
j) 46,727
k) 123,842

l) 253,65
m) 299,951

n) 28,255
o) 37,485

Para o décimo:
p) 26,65
q) 49,98

r) 67,57s) 68,23

t) 128,5
u) 39,49

Para o milésimo:
v) 42,3239
w) 59,5695
x) 446,4445

y) 265,3115
z) 265,0078
aa) 389,5467

bb) 295,8991
cc) 302,7895
dd) 2.995,1239

PProf. Carlos Modesto
rof. Cícero José – UNIBAN

2

CAPÍTULO II - ESTATÍSTICA: Conceitos iniciais
1. Introdução – Breve histórico
O termo Estatística provém1 da palavra Estado e foi utilizado originalmente paradenominar
levantamentos de dados, cuja finalidade era orientar o Estado em suas decisões.
Neste sentido foi utilizado em épocas remotas para determinar o valor dos impostos cobrados dos
cidadãos, para determinar a estratégia de uma nova batalha em guerras que se caracterizavam por uma
sucessão de batalhas. (Era fundamental aos comandantes saber de quantos homens, armas, cavalos etc.
dispunhamapós a última batalha.)
Atualmente, a estatística é definida da seguinte forma:
Estatística é um conjunto de métodos e processos quantitativos que serve para estudar e
medir os fenômenos coletivos.
A estatística teve acelerado desenvolvimento a partir do século XVII, com os estudos de
Bernoulli, Pascal, Laplace, Gauss, Galton, Pearson, Fisher, Poisson e outros que estabeleceram
suascaracterísticas atuais.
Ela não alcançou ainda um estado definitivo. Continua a progredir na razão direta do desejo de
investigação.
A Estatística é considerada por alguns autores como Ciência no sentido do estudo de uma
população. É considerada como método quando utilizada como instrumento por outra Ciência.
A Estatística mantém com a Matemática uma relação de dependência, solicitando-lhe auxílio,sem o qual não poderia desenvolver-se.
Com as outras Ciências mantém a relação de complemento, quando utilizada como instrumento
de pesquisa.
Em especial esta última é a relação que a Estatística mantém com a Administração, Economia,
Ciências Contábeis, servindo como instrumento auxiliar na tomada de decisões.
Portanto, a Estatística fornece métodos para a coleta, organização, descrição,análise e
interpretação de dados e para a utilização na tomada de decisões.
As estatísticas são usadas para tomar decisão. Por exemplo:
. a relação entre o número de vagas e o número de candidatos de cada curso dá ideia2 da
probabilidade de aprovação.
. as estatísticas de trânsito são úteis para organizar o policiamento.
. nos horários de pico (horário nobre) , o preço da propaganda é,...
tracking img