Trabalhos feitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“A VIDA VERDADEIRA DE DOMINGOS XAVIER”

Miúdo Zito entrou a correr no pequeno compartimento que seria de sala e, atravessando no quintal, viu o avô, ao fundo, junto às aduela, a mijar.
Parou,ofegante, e depois chamou:
- Avô ! Vem depressa. Tem preso!
Velho Petelo se virou e interrogou com seus olhos pequenos, piscando na luz do sol da manhã coado, nas folhas damandioqueira:
-Menino disse tem preso? Viste com teus olhos?
Arrastando a perna esquerda e seguido por miúdo Zito, atravessou na sala e saiu para o arraial vermelho. Rodearam nacubata de sô Miguel, e, em frente, onde já se aglomeravam algumas mulheres com seus monas escondidos nos panos, viram o
homem que fazia esforços para descer de uma carrinha, debaixo das pancadas dedois cipaios. (...)
E, quando isso sucedia, miúdo Zito deixava os
outros meninos com brincadeira no meio e
corria na cubata onde vavô, sempre sentado
debaixo da mandioqueira ou na porta, sorriano sol.
(...) Era sempre assim: pegava miúdo Zito na mão,
qualquer que fosse a hora, e lá iam para baixo, até
na companhia onde trabalhava mano Xico, um dos afilhados do velho marinheiro.Zito gostava ir. Além de ver tudo com seus olhos curiosos, os carros bonitos que não tinha lá em cima, as casas grandes e limpas, almoçava com mano Xico na quitanda da praia e depois ficava, banzo, aouvir falar de coisas novas, coisas que, muitas vezes, repetia nos meninos da mesma idade, alguns mesmo meninos de escola que não aceitavam.
Por isso, alegre com o passeio, miúdo Zito e vavôPetelo cruzavam as ruas asfaltadas e desciam no meio rio negro que desagua na cidade branca. Calçada da missão abaixo, com arvores velhas chorando seiva nos passeios, o povo, atrasado pela rusga geral doscipaios e das tropas, caminha depressa para não descontar meio dia não perder lugar camionetas do cimento, ou para apanhar os fregueses da manhã ainda de sapatos sujos. (...)
De mãos dadas, cruzam...
tracking img