Trabalhos feitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (808 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário da Cidade
Curso de Letras
Aluno: Daniel Rosa Machado
Matrícula: 061110044 - 3º. Período
Morfologia - Profª. Dilma

















O quê e suas classesgramaticais























Introdução

Dependendo do contexto em que esteja inserida, a palavra quê apresenta uma classificação gramatical muito peculiar,podendo ser substantivo, interjeição, preposição, advérbio, e tipos de pronome e conjunção, além de partícula de realce.


1) Substantivo: quando equivale a “alguma coisa de”. Nesse caso, semprevem antecipada por um determinante (artigo, pronome adjetivo ou numeral) e, obrigatoriamente, recebe acento, pois é um monossílabo tônico terminado em -e. Ademais, designa a 16ª letra do nossoalfabeto. Exerce as funções sintáticas cabíveis a qualquer substantivo.

Ex: Este quê foi empregado incorretamente.
Ex: Ana Maria tem um quê de inocente.


2) Interjeição: quandoexpressa algum sentimento, seja de espanto, alegria ou surpresa. É acentuado e vem acompanhado de um ponto de exclamação. Quando dessa forma empregado, não exerce função sintática.

Ex: Quê! Comoisso aconteceu?
Ex: Quê! Eu passei no vestibular!


3) Preposição: liga dois verbos de uma locução verbal, geralmente quando o verbo auxiliar é o “ter”. É uma preposição acidental,pois equivale a “de”. Não exerce função sintática.

Ex: Eu tenho que falar com você. (=tenho de falar)
Ex: Eu tive que responder todo o questionário. (=tive de responder)


4)Advérbio: modifica um adjetivo como também um outro advérbio. Equivale a “quão” e a “quanto”. Quando analisado sintaticamente, é um adjunto adverbial de modo.

Ex: Que barato o seu novo corte decabelo!
Ex: Que longe fica aquele bairro!


5) Partícula de realce: pode ser retirada da oração sem causar danos ao enunciado. Não possui valor sintático. É utilizado como um...
tracking img